sábado, 23 de julho de 2011

Rede Municipal de Ipatinga realiza Ato nesta segunda-feira

Os trabalhadores em educação da rede municipal de Ipatinga estão em greve desde o dia 08 de junho.
A motivação da greve é o pagamento do Piso Salarial Profissional Nacional.
O movimento organizou um acampamento da porta da Prefeitura Municipal. Estão acampados há mais de 30 dias.
A rede municipal também enfrenta a judicialização do movimento com uma decisão de ilegalidade da greve e multa diária de R$50.000,00. Decisão que tentamos reverter através de recursos.
O movimento tem grande apoio da comunidade escolar.
Nesta sexta-feira, dia 22/07, ocorreu um Ato Público na porta da Prefeitura e uma comissão de pais conversou com a Prefeitura. Participei deste ato. O resultado desta greve tem repercussão em outras greves de redes municipais e na greve da rede estadual.

Nesta segunda-feira, dia 23 julho 2011 de 14:00 a 17:00, haverá um ato no Acampamento Pague o Piso na porta da Prefeitura Municipal de Ipatinga, organizado pelo Sind-UTE de Ipatinga.

De acordo com a Subsede: Realizaremos grande ato público no Acampamento Pague o Piso segunda-feira 14 horas. Finalmente após 45 dias de greve, da mobilização e participação da comunidade, da atuação da comissão de pais que terça-feira dia 23 protocolou ofício pedindo reunião pra tratar a situação da greve, o prefeito Robson Gomes e seus secretários aceitaram receber os pais, professores e diretores do Sind-UTE. A reunião está agendada pra segunda-feira 14 horas.
Confira:
Este é outro vídeo que vale a pena assistir:

6 comentários:

Kelly - Ouro Preto disse...

Olá Beatriz! Boa Noite!
Esses dias sem ouví-la nas assembleias está sendo angustiante. Mesmo realizando atos na nossa região, e continuando acreditando que não devemos esmorecer, não é a mesma coisa. Você nos dá esperança e força para continuarmos na luta. É uma injeção de ânimo participar das assembléias comandadas por você. Por isso acredito que não foi a melhor opção ficarmos duas semanas sem assembleia, o governo sabendo disso joga sujo e os menos informados acabam se rendendo às pressões.
Força na luta!
Abraços,
Kelly - Ouro Preto

Anônimo disse...

Assisti ao vídeo e vi uma senhora, uma cidadã brasileira, (que representa milhares de brasileiros que vivem na mesma situação); uma cidadã que sofre e se humilha diariamente, mas uma cidadã que entende que os seus direitos de cidadã foi há muito tempo confiscado e a mesma não quer o mesmo futuro para a sua filha. Por isso, com DIGNIDADE deu uma aula de CIDADANIA, para quem assiste ao vídeo.
Será se é preciso essa senhora levantar a sua voz para que os governantes enxerguem o valor dos professores...
Enxerguem como ações de (dês)governos estão provocando o sofrimento de tantos cidadãos...
Será se é preciso essa senhora levantar a sua voz para que a SOCIEDADE BRASILEIRA perceba que é fundamental VALORIZAR PROFESSORES, VALORIZAR A EDUCAÇÃO COMO UM TODO. Assim valorizarão o Brasil...
Enfim, será se é preciso essa senhora levantar a sua voz para que os PRÓPRIOS PROFESSORES, os tais "FURA GREVE", OU OS QUE FAZEM "GREVE DE PIJAMA", SE CONSCIENTIZEM DA IMPORTÂNCIA HISTÓRICA DESSE MOMENTO EM QUE VIVEMOS, SE CONSCIENTIZEM DE QUAL É O NOSSO VERDADEIRO PAPEL COMO EDUCADOR... DE COMO SOMOS DESVALORIZADOS, DE COMO SOMOS IMPORTANTES...?
PARABÉNS A CIDADÃ D.JOANA DARC QUE COMO MUITOS BRASILEIROS (TEM SEUS DIREITOS CONFISCADOS), MAS MOSTROU SER UMA PESSOA ESCLARECIDA, QUE CERTAMENTE É CAPAZ DE TODOS OS SACRIFÍCIOS PARA PROPORCIONAR UM FUTURO MELHOR PARA SUA FILHA! E QUE DEFENDE UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE...
COMPANHEIROS É O MOMENTO DE FORTALECERMOS A NOSSA GREVE (TODOS JUNTOS)!
FORÇA NA LUTA...!
Professor Odair José - Montes Claros

jodson disse...

é essa dona joana d'arc foi a sensação do movimento de ipatinga, estamos esperando a vitória e ela virá se mantivermos nossas forças. obrigado beatriz pelo apoio, sou seu fã e vc ja sabe disso neh?

Cristina Costa disse...

Beatriz,recebi este comentário em meu blog e resolvi dividi-lo com vc para averiguação e ver o que pode ser feito. Um abraço!


"No Vale do Aço não há nem rumor de greve... Só a greve da rede municipal de Ipatinga mesmo.... O sindicato precisa investir pesado no Vale do Aço, pra convencê-los a aderir ao movimento, pq são 3 cidades muito influentes: Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo.
Estou relatando isso pq vc está aí em BH e pode conversar com a Beatriz, quem sabe se ela e o comando de greve daí fossem no Vale do Aço fazer um manifesto, não conseguiriam convencê-los a aderir à greve, né? A subsede de lá está focada na greve do município de Ipatinga e está deixando a greve estadual de lado!
Um grande abraço e aguardo resposta.
Júlia"

Anônimo disse...

Carlos Moraes(Montes Claros)
Olá Beatriz:
Amiga e Companheira de Luta, Agosto se aproxima e acredito que chegamos ao MÊS CHAVE do nosso movimento.Pudemos descansar esses breves dias e AGORA COMPANHEIRADA É RETORNAR AO MOVIMENTO COM FORÇA TOTAL.TEMOS DADOS NOVOS: O DESGOVERNO LIBEROU UMA LISTA COM 1.175 PÁGINAS E APROXIMADAMENTE 85.000 SERVIDORES QUE JÁ RETORNARAM À CARREIRA ANTIGA(ESSE Nº VAI AUMENTAR ).PERGUNTO-ME: SE O DESGOVERNO REDUZIR OS SALÁRIOS, COMO EXPLICARÁ A SITUAÇÃO DE UM EFETIVO QUE COM 15 0U 20 ANOS DE SERVIÇO GANHARÁ MENOS QUE UM DESIGNADO SEM TEMPO DE SERVIÇO E SEM HABILITAÇÃO? È INVIÁVEL PARA O GOVERNO TRABALHAR COM DUAS REMUNERAÇÕES DIFERENTES. TERÁ QUE PAGAR O PISO!!!
COMPANHEIROS DE LUTA VAMOS RETORNAR AS VISITAS AS ESCOLAS, DIALOGAR COM OS COLEGAS QUE AINDA NÃO ADERIRAM À CAUSA E FORTALECER A GREVE!
DE UMA COISA TEMOS CERTEZA: AGORA É O O PISO OU O PISO!!!
FORÇA NA LUTA!!!!
SAUDAÇÕES FRATERNAS!!!

Beatriz Cerqueira disse...

Cristina,
obrigada pela informação. A Júlia também postou aqui e tive a oportunidade de esclarecer a ela que no caso de Timóteo estamos reorganizando a direção para fortalecer o movimento. Em Coronel Fabriciano há um Comando de Greve que tem tido uma boa atuação realizando atividades na cidade e participando das atividades estaduais. No caso de Ipatinga, sugeri que possa ajudar o Comando de Greve da rede estadual. Avaliei também a importância do sucesso do movimento lá cujo objetivo também é o Piso Salarial.
Um abraço
Beatriz