domingo, 3 de julho de 2011

Onde o Governador estiver, cobraremos o pagamento do Piso Salarial

Na tarde deste sábado, dia 02/07, estava agendada a reinauguração de uma escola estadual na cidade Rio Espera, evento que contaria com a presença do Governador Antônio Anastasia.
Assim como fizemos em São João Del Rei, o Sind-UTE MG organizou uma recepção para o Governador.
Onde o Governador estiver, estaremos para cobrar o pagamento do Piso Salarial.
As subsedes do Sind-UTE de Belo Horizonte, Betim, Conselheiro Lafaete, Ribeirão das Neves, Sete Lagoas e Vespasiano participaram da atividade. Iniciamos a articulação desta atividade na quarta-feira, dia 29/06.
Como em Minas, não se respira liberdade, os nossos ônibus foram parados pela Polícia Militar e impedidos de prosseguirem. O que a categoria fez? Continuou: a pé, pedindo carona mas chegou ao local e realizou a manifestação. Como não bastasse o desrespeito e a truculência em impedir o direito de ir e vir das pessoas, a Polícia Militar chegou a prender um professor que participava da atividade. Todas as caravanas, em solidariedade, foram para a porta da Delegacia em Conselheiro Lafaete e realizaram nova manifestação na cidade.
Fica o recado para o Governo do Estado: queremos negociar, queremos o nosso Piso Salarial. Não adianta criminalizar o movimento, não adianta reprimir. Onde o Governador estiver, a categoria também estará.
Observação: o colega detido foi acompanhado pela direção estadual durante todo o tempo em que permaneceu na Delegacia e por advogado contactado pelo sindicato. Como em Minas não se respira liberdade, provavelmente vocês não verão ou lerão esta notícia em nenhum meio de comunicação, apesar do sindicato ter feito contato com toda a imprensa. Acionamos também a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa.

23 comentários:

Carlos " Machado de Assís disse...

Fico chateado em saber o acontecido, principalmente com um colega de luta, que sofre represálias por reeivindicar o que é de direito e já sancionado pelo Supremo Tribunal Federal que é a lei do piso.Precisamos estar mais atentos com relação ás nossas manifestações, pois, estamos diante de uma máquina que jamáis saberá o que é reinvidicar por direitos, fiquemos atentos e não podemos ficar ANESTESIADOS.

Prof. Reginaldo - Sul de Minas disse...

Companheiros(as) de luta, saudações!
Devagar, bem do jeito mineiro de ser, a greve da nossa categoria está aumentando. O pessoal do Sul de Minas está aderindo. Sabemos que as circunstâncias da greve de 2010 foi bem diferente da greve deste ano, e foi o próprio governo que soube usar a estratégia de dividir a categoria (mais do que já era!). O que ele fez? Para ludibriar aqueles que estão começando agora ou mesmo aqueles que foram efetivados pela polêmica lei 100 de 2007, ele ofereceu o subsídio, que é um benefício ilusório e temporário. Para quem não sabe, a lei que implantou o Piso Nacional deixa claro que todo ano o piso terá um reajuste oficial, o chamado "Custo Aluno", que é um cálculo que o governo federal faz para compensar a defasagem salarial consequente da inflação anual. Hoje, o piso nacional baseado neste índice é de R$ 1.597,00. Este cálculo foi feito pela CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação). Como o governo federal não atualizou este índice, o piso defendido pelo MEC é de R$ 1.187,00. Independente do valor do piso que será aplicado, uma coisa é certa: todo ano haverá reajuste! Já no subsídio que o governo Anastasia enquadrou todos os trabalhadores(as) da educação, ele dará o reajuste quando e quanto quiser. Infelizmente alguns colegas, tanto efetivos, efetivados e designados não perceberam isto. Algo que nos conforta é que grande parte da categoria já aderiu ao plano antigo. Isto a própria secretária da SEPLAG, Renata Vilhena, já admitiu. E quanto mais trabalhadores(as) aderirem, mais força nós teremos para cobrar do governo a pagar o piso nacional, que é uma lei federal.
Em relação à mobilização e participação da greve, somente quem veste a camisa, vai à luta e dá a cara a tapa no corpo a corpo com o governo sabe o quanto a gente aprende nesta relação de poder que existe entre o poder executivo e a conivência do legislativo e judiciário, juntamente com o império da mídia (a Rede Globo que o diga!). É lamentável que professores(as) que dedicaram anos de estudo, que a princípio adquiriram uma formação cultural e deveriam ter uma formação política, estejam indiferentes ou alheios a um momento crítico da categoria. Nós professores(as), que deveríamos ser os protagonistas de uma nova sociedade, não estamos (nem todos!) dando a melhor aula ou lição que nossos alunos deveriam receber, que é a aula de CIDADANIA, onde tanto nós quanto eles somos os atores no palco da História. Professor(a), neste palco não diga Amém (Assim seja) ao opressor e jamais beije sua bota!

Anônimo disse...

Carlos Moraes(montes Claros)
Olá Beatriz:
Gostaria de parabenizar os bravos companheiros(as) do Sind-Ute de BH, Betim, Conselheiro Lafaiete, Ribeirão das Neves, Sete Lagoas e Vespasiano pela AÇÂO CONTUNDENTE EM RIO ESPERA.Voçês são nossos herois.Gostaria de estar ai para ver o Governador Fascista fugindo dos Trabalhadores da Educação.Se a imprensa fajuta mineira não mostra nossa greve "A nossa voz se fará ouvir como uma trombeta pela ruas e montanhas das Minas Gerais.
FORÇA E UNIDADE NA LUTA E ATÉ A VITÓRIA COMPANHEIROS(AS)!!!!!
Saudações fraternas!!!

Anônimo disse...

O governador é aquele que deveria arquitetar a solução das inquietações da sociedade, aquele que deveria se mostrar ansioso em oportunizar o dialogo,em praticar a democracia.Mas onde esta a ação democratica, onde esta o nosso governador? Como chamar alguem assim, se esse nao se comove, nao sente, e nao se arrisca pelo povo, pelo pobre, pelo professor. Que sintoma é esse que desgasta e prejudica toda uma sociedade.

Anônimo disse...

O governador é aquele que deveria arquitetar a solução das inquietações da sociedade, aquele que deveria se mostrar ansioso em oportunizar o dialogo,em praticar a democracia.Mas onde esta a ação democratica, onde esta o nosso governador? Porque esse nao se faz pra isso...

Anônimo disse...

http://www.fatoreal.com.br/index_ver.php?l=dm_sis_noticia/act_ver&cod=11556&cod_tipo=5

Neste link tem a notícia. parece que foi só onde saiu alguma coisa. vale a pena olhar.

Renilde a mais amada! disse...

Realmente, foi uma recepção que ele jamais esperava.Mas fomos também impedidos de participar dentro da escola, da inauguração, alguns companheiros que já estavam dentro da escola foram convidados a retirarem e foram até revistados.Impediram alguns companheiros de registrar o momento que o restante da cetegoria chegou e pediram para entrar e também foram impedidos na alegação que não tinha mais lugar.Os habitantesnos revelaram que foi feito um banquete para ele e a comitiva, mas mais uma vez a nossa presença o impediu de degustar o cardápio preparado especialmente para ele e sua comitiva.Importante : Frmos o recado. Bia, acho que tinha também uma comitiva de Pompéu.É bom registrar a presença de todos pra mostrar ao governador que somos uma categoria que não desiste nunca.

JANICE disse...

Curiosa esta informação num momento de GREVE pelo piso. "Aos efetivados pela Lei 100 foram assegurados os mesmos direitos dos servidores efetivos. "Todos os direitos dos beneficiados pela Lei 100 foram garantidos pelo Governo de Minas e igualados aos efetivos", assegura a secretária Ana Lúcia Gazzola" FONTE: www.educacao.mg.gov.br. Mesmos direitos??? Inclusive, então, Férias-Prêmio??? Promoção na Carreira??? Progressão na Carreira????

Rejane Figueiredo disse...

É isso ai, não podemos esmorecer, é hora da caça as bruxas, seja governador ou prefeito.Não podemos abrir mão do que nos é de direito.
O PISO É LEI ,E VAMOS FAZER VALER!

Anônimo disse...

ANASTASIA O FORA DA LEI :ALÉM DE NÃO PAGAR O PISO , AGORA RESTRINGE O DIREITO DE IR E VIR:PROIBIU OS PROFESSORES DE ENTRAREM NA CIDADE QUE ELE ESTAVA INAUGURANDO UMA OBRINHA,POIS OBRA MESMO AGORA NO ESTADO SÓ PARA COPA.

SINDUTE PONTE NOVA disse...

Ponte Nova e Urucânia também está a
caça do governador.Participamos da manifestação em São João Del Rey e foi a subsede de Ponte Nova que organizou a caravana onde estavam presentes 10 professores da subsede de Ponte Nova e 4 professores da subsede Viçosa.A subsede Ponte Nova , como na greve de 2010,está firme nas
lutas propostas pela SindUTE.
Parabenizamos os professores de Ponte Nova e Urucânia pela efetiva participação na manifestação do dia
01 de julho em São João Del Rey.

Anônimo disse...

Sobre o comentário da Janice. O governo pode dizer o que quiser, mas na prática isso não se sustenta. já encontrei, em pesquisas no TJMG, pelo menos uns 3 pareceres de desembargadores afirmando que a LC 100 é inconstitucional. Não entendo porque a ADI que dizem existir contra essa lei não foi julgada. Fato é que, se hover concurso, qualquer um aprovado pode entrar na justiça e, certamente, ganhará a vaga de um efetivado. Ainda mais que há precedentes em deferimentos, como já disse antes, afirmando, literalmente, ser a LC 100 incostitucional.
É só colocar no google LC 100 TJMG que a gente encontra.
Por tudo isso, o melhor é que todos os efetivados façam concurso e tentem garantir, de verdade, suas vagas.

Anônimo disse...

E dizem que Minas é o berço da liberdade, da autonomia, da independência e da democracia! Desde 2003 estamos tendo provas concretas de que esse discurso tão caro a identidade mineira vem caindo no mais profundo vazio.
Como pode o governo usar da força pública para impedir uma manifestação pública?
Beatriz, estou de LIP mas acompanho o site do sindicato e esse seu blog. A luta tem que continuar. Quero ver até onde vai esse despotismo do governador!
Se os alunos perderem o ano letivo como vai ficar a imagem dele?

Anônimo disse...

Eu estive lá colegas, fomos parados e muito ridículo foi O DER que nos parou e passou um motorista sem cinto de segurança e eles nem ligaram...
A polícia pareceu em peso, eu fico triste com a PM que também é tão explorada e uns "soldadinhos" faz papel de ridículos... lamentável
Próxima parada: próxima assembléia em BH.

Karina disse...

Pessoal tinha tanta gente nossa lá que tiraram muitas fotos, fizeram tantos vídeos, onde está todo esse material????Temos que divulgar!!!!

ANGELICA disse...

BEATRIZ,BOA TARDE. QUANTA INDIGNAÇÃO COM ESSA ERA DE DITADURA QUE ESTAMOS VIVENDO.
RESPONDENDO A COLEGA JANICE, TIVE NOTICIAS HOJE ATRAVES DE COLEGAS EFETIVADOS PELA LC 100 QUE ELES JA FORAM COMUNICADOS PELA SRE QUE A REMOÇAO E MUDANÇA DE LOTAÇAO JA SERAO PUBLICADAS, ENTAO AGORA ELES JA ESTAO EM IGUALDADE DE DIREITOS CONOSCO QUE SOMOS CONCURSADOS.BASTA SABER COMO FICARA A ESCOLHA DE TURMAS ANO QUE VEM.

Anônimo disse...

HOJE EM NA ESCOLA BETÂNIA T. SILVEIRA DE ESPINOSA 44ªSRE JANAÚBA FUNCIONOU COM HORÁRIO ESPECIAL COM MENOS DE 30% DE ALUNOS E TAMBÉM DE PROFESSORES. CADÊ O RESPEITO DA RESOLUÇÃO 521 QUE EM SEU 6ºQUE SÓ SE CONSIDERA DIA LETIVO QUANDO HOUVER MAIS DA METADE DE PROFESSORES E DE ALUNOS EM ATIVIDADE ESCOLAR.EU NÃO SABIA DISSO E SO COM A ORIENTAÇÃO DE ALGUNS PROFESSORES É QUE FIQUEI SABENDO, ALÉM DE TB PASSAR CONHECER O BLOG. ISSO VAI FICAR ASSIM? DEVEMOS RESPONSABILIZAR A DIRETORIA ANGELA E O VICE DIRETOR WILLIAM E O PROFESSOR ANTONIO, ESTE JUNTOU OS ALUNOS DE 3 TURMAS E DEU 3 HORÁRIOS SEGUIDOS. ELES SÃO OS RESPONSÁVEIS POR ISSO. COMO QUE UM PROFESSOR TERÁ GARANTIDO SEU DIA LETIVO SE ELE NÃO DEU AULAS, SOMENTE CUMPRIU HORÁRIO.
BEATRIZ, VÊ A LEGALIDADE DESTA SITUAÇÃO AÍ. SOU ALUNO E QUERO TÊ A GARANTIA DE QUE ESSES PROFESSORES QUE CUMPRIRAM HORÁRIO VENHAM TAMBEM REPOR SUAS AULAS JUNTAMENTE COM OS QUE DE GREVE QUANDO O MOVIMENTO ACABAR.

professor samuel disse...

É um orgulho para mim ter como minha representante sindical você,BEATRIZ,um exemplo de coragem,amor à profissão,e,sobretudo,a garra que muitas vezes falta a boa parte de nossos colegas que se omitem da luta,se acomodam,apáticos,teem medo da luta,por não esperarem melhora se contentam com qualquer migalha recebida.É triste a dura verdade da categoria,a maioria quando houvem falar de corte voltam correndo às salas de aulas,enfraquecendo o movimento e sendo todos nós, motivo de chacota com os alunos. Parabéns, BIA ,você moralizou o sindicato, deu "novos ares" a profissão e fez com que voltassemos a ter esperança e lutar por dias melhores. Você tem meu respeito e minha admiração.

cida sachetto disse...

Oi Beatriz,oi pessoal,acho que poderemos parar a engrenagem da educação através da recusa de entregar as notas dos alunos para que sejamos atendidos, imagina a bagunça que será gerada numasecretaria sem nota!

Anônimo disse...

Sobre o comentário da Angélica:
Creio que os concursados e os designados devem se unir contra este absurdo. Concursados não devem ficar esperando como será a escolha de turmas, na hora H não dá tempo de fazer nada se os seus direitos forem negligenciados. Designados não devem ficar passivos também, pois se passarem em concurso terão todo direito a pleitear suas vagas nem que seja juridicamente. Será que não há um meio de todos se precaverem na justiça?
Sindute, Beatriz, por favor, coloquem estas questões em pauta. É muita injustiça, o sindicato representa todos não só pelo pagamento do piso, mas por todos os direitos.

Anônimo disse...

Sabe colegas eu acredito no sindicato acredito em mim , tentei trazer meus colegas para a greve mas eles estam resistentes em ficar na escola , hoje mesmo encontrei alguns mas foi em vão.Eles reclamam da falta de respeito para com eles em relação a efetivação quando os colegas passaram a ofende-los depois que a secretária desse que estávamos assegurados , infelizmente naõ temos culpa de tudo isso aconyecer assim ,naõ precisava tanta ofença ,sabemos das ilegalidades mas também estamos presos igual ao piso por leis que naõ se resolve, parece que só piora a cada momento.A nossa´fé é que esta a nos mover mas não se resolve por boa vontade do governo e hoje ficamos mais tristes ainda depois da noticia do ocorrido em Rio Espero , não é isso que esperávamos como salário o desconforto dos nossos colegas ,pois as nossas vidas são bem mais valorizadas ao lado de nossas famílias. Naõ sei como vai ser só pesso a deus que ilumine os nossos dias que estam ficando angustiante e sem sentido , mas aluta vai continuar mesmo sofrendo com esse discaso, só peço aos colegas que não se dirija a nos com esse discaso já basta os nosso governo insensato. Abraço e fique com Deus.

jaqueline disse...

Apesar do silêncio das autoridades e da mídia, não podemos abaixar a cabeça, afinal, durante muito tempo não havíamos tido um movimento de tal grandeza encabeçado pelo sindicato. Em Três Marias, apesar de ser uma cidade pequena temos hoje 100% das escolas paralisadas.
Parabéns Beatriz, pela força e pela propriedade em que você tem conduzido o movimento.
A você, meu respeito e admiração!

Jaqueline Carla disse...

Apesar do silêncio das autoridades e da mídia, não podemos abaixar a cabeça, afinal, durante muito tempo não havíamos tido um movimento de tal grandeza encabeçado pelo sindicato. Em Três Marias, apesar de ser uma cidade pequena temos hoje 100% das escolas paralisadas.
Parabéns Beatriz, pela força e pela propriedade em que você tem conduzido o movimento.
A você, meu respeito e admiração!