segunda-feira, 25 de julho de 2011

Os números na Gestão do Governo de Minas

Uma breve análise do Censo Escolar revela uma realidade surpreendente da situação da educação básica em Minas Gerais.
Embora a rede estadual seja responsável por 48% das matrículas na educação básica, percebemos uma política sistemática de diminuição da rede estadual. Analisando o período de 2005 a 2011, o Censo Escolar aponta um decréscimo do número de escolas estaduais em atividade de 4%.
Já a rede particular é a que mais expandiu em Minas Gerais com uma taxa de 8% de crescimento no mesmo período.
O interessante é que enquanto a rede estadual diminuiu, o número de pagamentos vinculados à Secretaria de Estado de Educação aumentou.
A rede estadual diminui a oferta, não houve concurso público, mas analisando o Demonstrativo de Despesa com Pessoal do primeiro trimestre de 2011, verificamos que o número de pagamentos aumenta gradativamente. Isso significa que o Governo pagou mais pessoas.
Em janeiro de 2010 o número de pagamentos foi de 361.873. Já em janeiro de 2011 o número de pagamentos foi de 414.952.
Outro dado interessante é o acréscimo de despesas que não existiam em 2010 e passaram a existir em 2011 como os exemplos abaixo:
Casa Civil e Relações institucionais R$607.538,46
Secretaria de Trabalho e Emprego R$206.346,03
Escritório de Prioridades Estratégicas R$158.085,69
Contratos Administrativos na Defesa Social R$728.842,65
Contratos Administrativos na Seplag R$662.785,58
Contratos Administrativos na Saúde R$656.013,24
Outro dado interessante diz respeito a despesa da Advocacia Geral do Estado.Comparando o mesmo período de 2010 e 2011, a despesa desta pasta aumentou 41,2% e a da Auditoria Geral do Estado 21,5%. O Gabinete Militar do Governo aumentou suas despesas em 15,7% .
Gosto dos números porque eles revelam de forma objetiva o que um Governo está fazendo ou deixando de fazer.
Fontes: Censo Escolar, Jornal Minas Gerais, Dieese Subseção.
Observação: Cansado de ser perseguido por não cumprir a Lei Federal 11.738/08, o Governador viajou para agenda fora do país.

30 comentários:

Anônimo disse...

Beatriz, o piso é importantíssimo para derrubar o subsídio mas, a inconstitucionalidade da LC 100 também é. O governo só age fora da lei e nada aconteçe. O concurso está ai, e ai como fica as vagas dos efetivados? As vagas deveriam estar no edital para que todos concorram de igual para igual, para haver justiça e igualdade de direitos. Se não for feito algo com urgência, os fora da lei continuarão agindo livremente.

dilvanio disse...

os números mostra uma realidade caótica na administração do PSDB em nosso estado ou seja mostra claramente a instalação do crime organizado por pessoas que deveria gerir os recursos públicos . Mas isso também mostra para uma pequena parte dos mineiros que conseguem interpretar dados númericos que não devemos acreditar em nossos poderes constituidos tais como: Executivo , judiciário e legislativo .Postado por Dilvanio professor do estado totalmente decepcionado com o nosso estado

dilvanio disse...

os números mostra uma realidade caótica na administração do PSDB em nosso estado ou seja mostra claramente a instalação do crime organizado por pessoas que deveria gerir os recursos públicos . Mas isso também mostra para uma pequena parte dos mineiros que conseguem interpretar dados númericos que não devemos acreditar em nossos poderes constituidos tais como: Executivo , judiciário e legislativo .Postado por Dilvanio professor do estado totalmente decepcionado com o nosso estado

Anônimo disse...

Beatriz, para "para aondodé" que ele foi?.Li no blog do Euler que ele foi para o Japão. Quem sabe ele toma umas aulas de civilização, de empregar o dinheiro do povo mineiro. Civilidade é o que estáfaltando a Ele. Ética, moralidade ao administrar um povo trabalhador como nosso. Domingo assisti pela REDE VIDA, uma entrevista com IÇAMI TIBA, o psicólogo, psiquiatra ético, realista, corente, firme no propósito de fazermos enxergar ( o governo), a realidade brasileira. No finalzinho, Içami deixou uma mensagem, uma fala sobre educação, e, mais ,fazendo algumas considerações sobre a educação que é base do desenvolvimento, perguntou o que o governo quer de nós brasileiros? Se um sociológo quer aliberação do cigarrinho do "capeta", ( fala minha) porque ele não opina em liberar mais verba para a educação, pagar o PISO dos professores? Sociólogo, já pai, avô, e etc, querendo aparecer a qualquer custo.LUTO pelo ser humano.Quem tiver oportunidade de rever este programa PRAZER EM CONHECÊ-LO, de domingo dia 23/07/2011 entrevista com Içami Tiba ( não sei como rever).Poderíamos transferir um pouco de ética, seriedade ao nosso governador.Os números estão aí para provar perguntando, ONDE ESTÁ O DINHEIRO DA EDUCAÇÃO? Lutemos todos os dias para que não seja tarde demais. Abraços a todos companheiros (as) de ideal realístico, ético e nobre.

Dea disse...

Sou uma vítima do salário do estado.Professora aposentada,me vejo cada vez mais prejudicada com a situação salarial do estado.Devido ás dificuldades tive que desligar meu computador, meu blog,meu telefone, tudo porque preciso fazer tratamento dentário, que está ficando em CR$10.000,00. Não tenho vergonha de falar das minhas dificuldades, não me sinto inferior, como muitos colegas que preferem tapar o sol com a peneira. Gosto muito da Bia, e já tive problemas por isso.

Dea disse...

Tenho passado dificuldades devido á nossa situação salarial.Já cortei computador, blog, telefone,alimentação mais sadia. Tudo porque estou fazendo tratamento dentário que está custando CR$10.000,00 e o Ipsemg não oferece essa modalidade de tratamento. E agora nas mãos da nova diretora deve continuar na mesma.Sou professora aposentada e não me envergonho de mostrar minhas dificuldades. Sugiro até que cada professora aposentada escreva sobre as penúrias que passa par viver com este salário. Precisamos desabafar.
Gosto da Bia. Déa Juiz de Fora MG

Anônimo disse...

ESSE DEVE SER O FOCO DOS POST....INFORMAR ...PARABÉNS!

Rafael - GV disse...

Finalmente mobilizações que não se restringem aos lutadores que defendem seus direitos: Pais, Estudantes, Igrejas, Associações Comunitárias, Câmaras de Vereadores, Associações Comerciais, ..., devem ser chamadas a se posicionarem. Lógico: a defesa do piso deve ser primeiro uma bandeira de luta nossa - OS PROFESSORES, mas afeta a toda a Sociedade.
Os governos fazem propagandas lindas para se elegerem, enchendo o bolso dos publicitários e depois cobrando do erário, ou seja, sempre priorizam as mega-obras, as construções faraônicas, pois assim é mais fácil retribuir aos amigos banqueiros e empreiteiros. Submeter uma trabalhadora como Joana D'Arc a condições sub-humanas é consequência da falta de políticas em educação, em saúde pública, em assistência social. Uma jovem de 39 anos e que sofre na pele por todas as omissões do Estado, mas que tem tem a CORAGEM de manifestar indignação, de impor sua opinião, de dizer o que pensa sem meias palavras... Aula de cidadania a muitos trabalhadores que por comodismo, insegurança, desinformação, não se posicionam. Oxalá muitas outras Joanas D'Arc apareçam para cobrar do Governo de Minas que ele cumpra o que promete em suas propagandas alienantes. Já estou há 48 dias esperando que o Governo diga como vai cumprir a Lei do Piso e até agora só vi jogo de cena e ameaças baratas. Será que nenhum desembargador vai dizer que o Governo está certo em descumprir a Lei? No ano passado o Sind-UTE foi multado, e agora a multa fica para quem? Chega de jogo de palavras senhores: que o Governo reúna-se com os professores, diga a verdade para a Sociedade e pare de tentar vingar esse subsídio. Além dos Agentes Públicos, porque somente os professores teriam que se submeter a esse método de remuneração que desestimula por completo a continuidade na Carreira?

Isabel - Caiana disse...

Boa tarde, Bia. estou lendo neste momento sua reportagem sobre"os núneros na Gestão"com a tv ligada e uma propaganda chama-me atenção, é a chamada dos professores da família para entrarem em um veículo para serem levados para trabalhar, estes entram em fila como cordeiros, sorrindo, respondendo à chamada. Estou estarrecida com a propaganda.
Diante desta, a luta tem mais é que continuar.

LAURO JULIO DALCIN disse...

Corrupção!!!!!
Setores que têm os maiores orçamentos da União e estão diretamente ligados aos cidadãos, Saúde e Educação são também os que mais sofrem com a corrupção no Brasil. Segundo o Departamento de Patrimônio e Probidade da Advocacia Geral da União (AGU), de 60% a 70% dos recursos públicos desviados no país são dessas duas áreas. É, por exemplo, dinheiro destinado a reformas de escolas e hospitais, compra de merenda escolar e de medicamentos, construção de quadras esportivas e procedimentos do SUS, mas que acaba indo para o ralo por causa da corrupção.Auditorias da Controladoria Geral da União (CGU) constataram, apenas entre 2007 e 2010, desvios de R$ 662,2 milhões nesses dois setores. E quase metade dos acusados de improbidade em todas as áreas da administração pública, segundo a AGU, é de prefeitos ou ex-prefeitos. Um dos problemas é a falta de fiscalização, mas também a pulverização dos recursos.

Anônimo disse...

Uai, a classe trabalhadora é internacional. Alguém leve a faixa onde o Anastasia estiver. Que tal uma campanha no facebook.

Cidinha disse...

Olá, Bia! Já estamos com saudades dos nossos encontros nessa grande luta que estamos todos travando em defesa do Piso Salarial Profissional Nacional. Só para informar, essa semana fizemos uma fala aos finais das missas na nossa cidade. O Padre Valdecir ajudou nos esclarecimentos sobre a nossa greve e ao final panfletamos com uma carta que mostra exatamente isso: os números nos cofres públicos de Minas Gerais. Essa atividade foi ótima, pois explica não só o motivo da nossa greve como o motivo para que outros venham para a greve e porque ela não pode acabar agora, além disso explica a necessidade dos pais e dos alunos se unirem a nós.
Aqui em Jaíba os pais estão organizando um abaixo-assinado para encaminhar ao Ministério Público local exigindo providências.
A hora é agora! O Brasil tem que investir em educação! A começar pela valorização de quem trabalha na escola.
Vamos juntos! O futuro nos espera!
Abraços
Cidinha/Jaíba

Gracieusa Brito disse...

Será que o PROFESSOR DA FAMÍLIA irá substituir as ESCOLAS ? É esse o objetivo da propaganda ? Dizer aos pais: Calma... seus filhos não precisam mais da Escola, ele terá a escola em sua casa. Que absurdo, a que ponto chegou. Isso vai engrossar a lista de contratados, sem concurso, no Estado de MG . E o Ministério Público, STJ e STF calados.
Bia, que tal o Sind-UTE mandar correspondências aos maiores jornais da Terra expondo a situação do PISO/SUBSÍDIO e pedindo apoio global ? Buscando intermediação da CORTE INTERNACIOAL, demonstrando que a situação está dramática e portanto emergencial ? Mandar também para as Confederações Internacionais de Futebol. Um país que não pode cumprir uma Lei Salarial para a EDUCAÇÃO, como poderá organizar uma COPA DO MUNDO DE FUTEBOL ? Vamos sensibilizar as autoridades mundiais para a nossa causa. Dar visibilidade a nossa luta. Meu professor de SOCIOLOGIA ( Gil Gal - antiga FAFI-BH ) nos dizia que a gente que é pobre tem que tentar ganhar nossos direitos no grito ! A HORA É ESSA COMPANHEIRA BIA, SE NÃO CONSEGUIRMOS AGORA PERDEREMOS O TREM DA HISTÓRIA...

Gracieusa Brito disse...

Será que o PROFESSOR DA FAMÍLIA irá substituir as ESCOLAS ? É esse o objetivo da propaganda ? Dizer aos pais: Calma... seus filhos não precisam mais da Escola, ele terá a escola em sua casa. Que absurdo, a que ponto chegou isso vai engrossar a lista de contratados no Estado de MG . E o Ministério Público, STJ e STF calados.
Bia, que tal o Sind-UTE mandar correspondências aos maiores jornais da Terra expondo a situação do PISO/SUBSÍDIO e pedindo apoio global ? Buscando intermediação da CORTE INTERNACIOAL e mostrando que a situação está dramática e portanto emergencial ? Mandar também para as Confederações Internaçionais de Futebol. Um país que não pode cumprir uma Lei Salarial para a EDUCAÇÃO, como poderá organizar uma COPA DO MUNDO DE FUTEBOL ? Vamos sensibilizar as autoridades mundiais para a nossa causa. Dar visibilidade a nossa luta. Meu professor de SOCIOLOGIA ( Gil Gal - antiga FAFI-BH ) nos dizia que a gente que é pobre tem que tentar ganhar nossos direitos no grito ! A HORA É ESSA COMPANHEIRA BIA, SE NÃO CONSEGUIRMOS AGORA PERDEREMOS O TREM DA HISTÓRIA...

Maria disse...

Gostaria de saber quais as escolas e cidades que tem os professores da familia? Não seria o caso de contra atacarmos mostrando na TV esta mentira deslavado do nosso governador? E ainda mostrando os gastos com propaganda enganosa, que é crime?

Yara Vasconcellos disse...

Olá, Beatriz!
Esses números são no mínimo interessantes, pois mostram que o governo está com muito dinheiro, para investir, pois injeta muito dinheiro em outros setores de Minas...menos para pagar os nossos direitos, não é?

Anônimo disse...

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MINAS GERAIS

Número do processo:
1.0024.08.942689-4/002(1)
Númeração Única:
9426894-02.2008.8.13.0024

Processos associados:
clique para pesquisar




Relator:
Des.(a) ALEXANDRE VICTOR DE CARVALHO

Relator do Acórdão:
Des.(a) ALEXANDRE VICTOR DE CARVALHO

Data do Julgamento:
23/03/2011

Data da Publicação:
29/04/2011

Inteiro Teor:


EMENTA: INCIDENTE DE INCONSTITUCIONALIDADE - ARGUIÇÃO IRRELEVANTE - ART. 7º, INCISO V, DA LEI ESTADUAL Nº. 100/2007 –


Eis o teor da ementa do referido acórdão:
INCIDENTE DE INCONSTITUCIONALIDADE. ARTIGO 7º, INCISO V DA LEI COMPLEMENTAR 100/07 DO ESTADO DE MINAS GERAIS. PROFESSOR. FUNÇÃO PÚBLICA. TITULARIZAÇÃO EM CARGO EFETIVO. INCLUSÃO NO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO. AFRONTA AOS ARTIGOS 37, II E 40, §§ 13 E 14 DA CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA. INCONSTITUCIONALIDADE DA NORMA DECLARADA INCIDENTALMENTE. - Ao transformar em titular de cargo efetivo, sem submissão a concurso, servidor ocupante da denominada "“ função pública “", o artigo 7º, inciso V, da Lei Complementar nº 100/07 viola frontalmente o artigo 37, II, da Constituição Federal, que estabelece depender a investidura em cargo ou emprego público de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego, na forma prevista em lei, ressalvadas, apenas, as nomeações para cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração. - Noutro vértice, se o dispositivo pretende incluir no regime próprio de previdência do Estado servidor não titular de cargo efetivo, afronta o artigo 40, §§ 13 e 14 da Constituição da República, que vincula os servidores ocupantes, exclusivamente, de cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração bem como de outro cargo temporário ou de emprego público, ao Regime Geral de Previdência Social - Rel. Des. Herculano Rodrigues, publicação em 12 de fevereiro de 2010).

Ao analisar o que descreve acima nota-se que o governo omite a verdade sobre os efetivados enganando-os com a carta enviada aos mesmos.

SINDUTEMG

SUB-SEDE

POUSO ALEGRE

REDEGEOAMBIENTAL disse...

Olá pessoal, olá Bia. O que os trabalhadores em educação descreveram é o mesmo que sinto... indignação. Minha situação também é ruim, mas, não vou de mostrar que este tipo de política é equivocada e nega a sociedade. E vamos entrar agosto em luta e esse burocrata de plantão que se cuide. Parabéns Sindute, Parabéns Bia.

Paula disse...

A ideia da colega sobre usarmos o facebook e as demais mídias realmente é o que há! Eu já estou fazendo isso... e-mail, facebook, twitter, orkut, bate-papos diversos e outros!
CORAGEM PARA NÓS TODOS!!!
QUEM LUTA EDUCA!!!

Anônimo disse...

lá Beatriz, o Anônimo tem toda razao de ser. A lei nos mostra a razao do publico e como publico esta submetidpo as leis , que sao pensadas e aprovadas. Vem um administrador que nao as respeitam. O que poderia dizer de um homem deste. Ë um absoluto, portanto, nao respeito as determinacoes da constituicao Federal. O poder é a lei, esta é que o norteia e nao o contrario disto

JORGE - CARATINGA disse...

Beatriz, sindicato, colegas de trabalho e demais pessoas que ainda preservam em suas almas algum sentimento de justiça. Infelizmente fiquei sabendo que estarei desempregado no segundo semestre. Graças aos avanços desta Lei 100. Sinto-me desamparado, por todos. A Lei é inconstitucional e ninguém faz nada. Por fim o governo inventa um concurso de faz de conta disponibilizando esta miséria de vagas. Isso tudo é muito desmotivador. Sou pai de família e não sei o que farei a partir do mês de Agosto. Do que adiantou tanto lutar? Infelizmente, estou morrendo na praia. Sou formado, gastei o que tinha e o que não tinha para me formar, e agora perco meus dois cargos para um efetivado na Lei 100 que nem habilitação possui. Isso é o fim do mundo. É a prova de que não existem leis que garantam a justiça, nem no Estado nem neste país. Desculpem o desabafo, mas eu precisava me aliviar um pouco. Pois tenho filhos para tratar e a partir de setembro não terei nenhum vencimento para garatir isso. Quem olhará por nós?

Graziella disse...

Bia,
Que pena! O desgovernador viajou para o exterior.OOOOOOOOOOh! Que triste. Minas são muitas e nós incansáveis na caça ao demagogo FORA DA LEI. Enquanto isso elaboraremos outras formas de surpreendê-lo.

Giovane Diniz (Pipoca) disse...

CAROS COMPANHEIROS em especial COMPANHEIRA BEATRIZ,não estou querendo tirar o foco da nossa luta, mas precisamos ficar atentos, pois a campanha Pró Aécio Presidente está a toda.
O governo Anastasia, vai focar suas ações nas cinquenta maiores cidades de Minas Gerais, obrigando os diretórios Municipais manterem a mesma aliança da base do Governo.
O intuito desta ação é mobilizar estes municípios em prol da Campanha Aécio 2014.
Fiquem atentos às movimentações em seus municípios, pois se o Faraó for eleito, aí sim, a Educação não terá vez.
Devo ressaltar que a nossa luta éconstante, hoje pelo piso, amanhã pela democracia na plenitude do seu significado.
Um abraço a todos e força na luta.

Raquel- Monte Carmelo disse...

Também gosto dos números porque dizem realmente o que o governo faz, porque é algo exato, não há erros (pelo menos penso que não haveria). O que não dá prá entender é o aumento de pagamentos sem a expansão da escola pública, como o governo pode ter pago mais pessoas? Sem concursos, diminuição da rede estadual, decréscimo do número de escolas... o governo pagando mais pessoas... despesas extras que "puf" passaram a existir... Bom acho que me embolei (ou se embolaram) com os números ou devo estar sob efeito de alguma substância que não é natural do ser humano... Imaginem, então, eles!? Devem enlouquecer com tantos orgãos e secretarias que eu nem imaginava existir "Escritório de Prioridades Estratégicas", "Secretaria de Trabalho e Emprego" ... por favor queiram pelo amor de Deus me explicar o que é isto e para que serve????????

Anônimo disse...

Mais essa agora. Redução de salário dos professores.
O horizonte ético é aquilo que dá sentido a um processo de mobilização. E uma das formas como um país explicita seu horizonte ético, seu projeto de nação, é através de sua Constituição. Nela ela define seu projeto de futuro, suas escolhas. O que dizer então do horizonte ético de nossa nação? Se for através de nossa constituição que nosso futuro foi definido, nossas escolhas foram ancoradas, o que dizer então quando essa mesma Constituição não é respeitada? O Pacto de Minas pela Educação, um movimento a favor da educação, começou tendo como imaginário mudar uma situação, expressa nas altas taxas de evasão e repetência e no grande número de crianças fora da escola. O Pacto de Minas agora é o contrário? É o de manter as crianças fora da escola? Tome uma atitude senhor governador. O sentimento de indignação e intolerância com a situação que Minas Gerais vive hoje é de desprezo por um gestor que não respeita sequer a constituição de seu país. Que gestor é esse? A ilegalidade tomou conta de nosso país. E viva a nossa “Constituição”!

Anônimo disse...

TEMOS QUE COMBATER O ABUSO DA LEI 100,RETIROU OPORTUNIDADE DE QUEM MERECE E TEM CAPACIDADE PARA PASSAR EM CONCURSO E CHAMOU DE FORMA DIRETA OS EFETIVADOS DE , INCAPAZES DE ENTRAR NA SERVIÇO PÚBLICO PELAS PORTA DA FRENTE. TAMBÉM QUERO MANDAR UM RECADO PARA A RELATORA DA MATÉRIA, "PROFESSOR TÊM QUE ESCOLHER REGIME SALARIAL" DO SUPER NOTICIA DE 27 DE JULHO DE 2011", NATÁLIA OLIVEIRA. NATÁLIA, ACORDA PARA REALIDADE ESTAMOS LUTANDO PARA QUE O NOSSO SALÁRIO DÊ PARA COMPRAR COMIDA, ARROZ, FEIJÃO, CARNE,...ACORDA!!!!!!

Anônimo disse...

Cara Beatriz,
Solicito que dê mais atenção ao seu Blog.
Os professores ficam anciosos para fazer questonamentos, tirar dúvidas e nada.

Anônimo disse...

Caros colegas de luta:
A partir de segunda feira,acho que devemos ficar de plantão nas escolas , para que as pessoas não desistam da greve e para que haja maior números de adéptos, não podemos perder essa batalha.Sem piso não pisamos na escola.Esse é o lema.

Anônimo disse...

Sou seu adimirador, mas tou ti achando muito devagar ,voce não publica nada do que colocamos no seus site,se não tem tempo para ler,arranja alguém que possa ler.no blog do Euler rapidamente é colocado os comentários e esses comentários são importantíssimo.

Anônimo disse...

Parabéns ao Sind-UTE pelo encarte colocado no jornal "Super Notícias"! Sou professor da rede municipal de Contagem e hoje tive a oportunidade de fazer uma reflexão com os alunos dos 8° e 9° anos através desse encarte. Como muitos desses alunos tem parentes na rede estadual, mostrei a eles o verdadeiro "valor" que esse governo dá a educação e a seus professores! Todos concordaram com a greve. Penso que todos que trabalham em alguma rede municipal deveriam fazer esse debate em sala de aula. Um abraço a todos!
Prof. Eduardo