segunda-feira, 11 de julho de 2011

Mais um dia de luta pelo Piso

Durante o dia de hoje estivemos na Assembleia Legislativa para ter o retorno que os deputados da base do governo se comprometeram a dar a respeito da negociação com o Governo do Estado.
Há uma pressão para que a pauta seja desobstruída. Atualmente a pauta de votações está obstruída pelo Bloco Minas sem Censura a pedido das categorias em greve.
E o governo tem interesse em realizar a votação dos projetos principalmente o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias. (LDO)
No período da tarde uma representante da Seplag (Fernanda Neves) esteve na Assembleia Legislativa para reunir com os três sindicatos (Sind-Saúde, Sind-UTE e Sisipsemg) mas afirmou que a posição do Governo é de não realizar negociação com nenhuma categoria em greve.
Ainda assim apresentamos aos deputados e ao Governo pontos que precisamos ter retorno: o pagamento do Piso, as correções na carreira, o edital de concurso público e a manutenção dos salários sem a realização de cortes.
Quanto ao concurso questionamos que o número de vagas que será divulgado é muito inferior aos cargos vagos existentes, que há uma Lei Federal que dispões sobre Piso e jornada do professor e que o Edital de concurso não foi negociado com o sindicato, portanto a sua divulgação neste momento sem resolver estas demandas somente contribuiria para aumentar o conflito entre categoria e governo.
Ainda assim, segundo o Governo e deputados da base, o Edital será publicado nesta terça-feira.
Se apesar de toda a discussão o Governo publicar o Edital teremos nova frente de luta.

Agenda
12/07 (terça-feira)
14 h: em Belo Horizonte e Grande BH: Ato unificado na Cidade Adminstrativa
Haverá ônibus saindo da porta do sindicato as 13 h.
Outros atos ocorrerão nas regionais

15 h: Audiência com o Ministério Público

13/07
9 h. Comando Estadual de Greve (Auditório do CREA)
14 h. Assembleia Estadual seguida de manifestação

14/07
10 h. Audiência Pública sobre o Ipsemg, Assembleia Legislativa

37 comentários:

Cristina Costa disse...

Este desgoverno é um fora da lei.
CQC vai mostrar um video da greve dos professores agora...vamos ver....

Professora disse...

Olá, Beatriz. O número de vagas será inferior ao número de cargos vagos existentes, ok. Isso está contabilizando o número de vagas dos efetivados? Afinal, amparados por Lei inconstitucional, eles ocupam cargos " vagos".
Estamos aguardando o post específico sobre a LC100 e o número da ADIN, se é que ela existe mesmo. Você conseguiu descobrir?
As outras questões nem será preciso comentar, pois creio que são de consenso geral.

Um abraço, confiando sempre na sua liderança!

BARRETO disse...

OH! MINAS GERAIS,
QUEM NÃO TE CONHECE,
ACREDITA QUE ÉS LIBERTAS - A ÚNICA VERDADE SOBRE TU, OH! É QUE O PÃO DE QUEIJO É "BÃO".
A CACHAÇA DAQUI JA NÃO É A MESMA, POIS O SENADOR BEBE SOMENTE NO RIO DE JANEIRO, DIRIGE BÊBADO.
"quer morrer no mar,
NÃO MORREU O SENADOR, PORQUE A RESSACA NÃO O DEIXOU CHEGAR AO MAR.
E AGORA NEVES, A FESTA APAGOU, OU MELHOR A FARÇA - MINAS NÃO CUMPRE A LEI DESDE A EFETIVAÇÃO
E AGORA, ANASTASIA -
"seu terno de vidro,
sua incoerência,
seu ódio - e agora ?"
E AGORA ASSEMBLÉIA, IMPRENSA - "não discurso" - MINAS não informa e não há paramentar

CONTINUE BIA - ÉS EXEMPLO PARA NÓS - OS BRAÇOS GRUZADOS DO ALTO RIO PARDO - AQUI NÃO É MINAS - É SERTÃO DO PÃO E CIRCO -
UNS LUTAM UNS DIAS SÃO BONS -
MAS, IMPRESCENDÍVEIS, SOMENTE OS LUTA, COMO VOCÊ BEATRIZ, A VIDA TODA.

LEIA: o Jornal do José Elias Issa disse...

Parece que teremos que explicar pra
esse governador o que é o PISO.
O trava-línguas é uma boa ideia:

O piso perguntou pro piso
qual é o piso que o piso tem.
O piso respondeu pro piso
que o piso do piso
é o piso que o piso tem.


ADAPTADO do Folclore Brasileiro
Gleiferson Crow
LEIA: O Jornal do José Elias Issa
leiajeissaeemg.blogspot.com

Yara Vasconcellos disse...

Se o governo não negociar...essa greve vai inviabilizar o ano letivo de 2011!!!!Iremos até o ano que vem! Enquanto eles não entrem em negociação vamos continuando....se precisar vamos 2012 afora!!!!!!

Anônimo disse...

Beatriz,
Sou pai de aluno da rede estadual de ensino, e estou me preocupando com a duração desta greve. Sei que a classe deve lutar pelo direito de reconhecimento e melhor remuneração, porem, os alunos estão sendo prejudicados mais uma vez, e sem nenhuma defesa ou modo de manifestação.
Favor colocar este ponto de vista em próxima reunião .

Anônimo disse...

Vamos, agora impulsionados pela exteriorização do pensamento que a classe politica tem sobre nós, na fala do "nobre" deputado, mostrar do que somos feitos, é hora de arregassarmos as mangas, buscarmos mais apoios, vamos enfrentar toda a adversidade, estou indignado, humilhado, envergonhado, mais vou fazer desses sentimentos combustiveis para lutar agora mais do que nunca, e, me permito até dizer, obrigado "nobre" deputado, você acordou muitos que estavam dormindo... Manhumirim...

Anônimo disse...

Vamos, agora impulsionados pela exteriorização do pensamento que a classe politica tem sobre nós, na fala do "nobre" deputado, mostrar do que somos feitos, é hora de arregassarmos as mangas, buscarmos mais apoios, vamos enfrentar toda a adversidade, estou indignado, humilhado, envergonhado, mais vou fazer desses sentimentos combustiveis para lutar agora mais do que nunca, e, me permito até dizer, obrigado "nobre" deputado, você acordou muitos que estavam dormindo... Manhumirim...

João Paulo Ferreira de Assis disse...

Ao Anônimo pai de aluno:

Entenda-se com o governador. Peça uma audiência a ele e solicite que ele cumpra a lei.

ANGELICA disse...

AO PAI ANONIMO
O SENHOR DEVE COBRAR ISSO DO GOVERNADOR, NAO DOS PROFESSORES. ELE E QUEM ESTA DESCUMPRINDO A LEI, NAO NOS. O DIREITO DE GREVE E AMPARADO PELA CONSTITUIÇAO. O PAGAMENTO DO PISO E LEI. JUNTE ALGUNS PAIS E FAÇA UM MOVIMENTO COLABORE COM A EDUCAÇÃO DE SEUS FILHOS.
FAÇA VALER SEUS IMPOSTOS!!!!!!

Anônimo disse...

BEATRIZ,
TAMBEM TENHO FILHOS ESTUDANDO NA REDE ESTADUAL ,CONCORDO COM NOSSO AMIGO QUE FEZ O COMENTARIO ACIMA !VOCÊS DEVEM LUTAR PELO DIREITO DE VOCÊS MESMO,MAS NAO DA MANEIRA QUE ESTÁ ,POIS OS MAIS PREJUDICADOS NESSA GREVE SÃO OS ALUNOS ,ESTE ASSUNTO DEVERIA TER UM "DESTAQUE" MAIOR NAS ASSEMBLÉIAS ,TOMARA QUE RESOLVA A SITUAÇÃO O MAIS BREVE POSSIVEL !
BOA SORTE

Anônimo disse...

Saiu o edital do concurso, só tem subsidio, e agora? Temos que intensificar o movimento!!!!

Flávio disse...

Parabéns, Beatriz, pela sua dedicação, vigor, clareza com que conduz as greves da nossa categoria. Não podemos desistir, é preciso continuar, não nos deixaremos abater. Que o ano letivo de 2011 vá até 2012. Só voltaremos para as salas de aula com o cumprimento da Lei.

Waender disse...

Queremos o Piso salarial e carreira!
Carreira é só com concurso público!
O governo faz de conta! A categoria faz de conta que acredita! Ou?

Anônimo disse...

Esse desgoverno é mesmo arrogante e fora da lei, pelo visto ele agora vai acabar de vez com o magistério, vejam o edital... que absurdo, não tem plano de carreira, nada de importante para que um professor possa sentir-se motivado a ser professor, agora virou bico mesmo, danem-se, e se isso prevalecer coitados de quem ingressar vai continuar a ser desrespeitado, desvalorizado e doente. As autoridades, juízes, desembargadores, políticos inteligentes precisam se posicionarem a favor da classe porque num futuro muito próximo não vai mais existir professores de verdade nem para as escolas particulares quanto mais para ganhar essa mereca que estão oferecendo.

Anônimo disse...

Beatriz,

O edital foi publicado, e agora?
O que fazer com as 96.000 vagas dos efetivados que não foram publicadas?

Professora disse...

Muito bem, saiu o edital do concurso e, no texto da secretaria de educação está escrito que as vagas dos efetivados não foram colocadas. E agora? O Sindicato precisa de mais o quê para tomar uma posição definitiva em relação a essa absurda LC100? Não se trata de ficar contra efetivados, é a lei e a Constituição sendo RASGADA novamente. Não se indispor com os efetivados e se indispor com efetivos e designados é o caminho?
Podemos esperar o retorno em massa de efetivados para as escolas e a nossa luta dicará cada vez mais complicada! Os efetivados( creio que a maioria) ainda não entenderam que a jogada do Governo pode acabar a qualquer momento. Ou acham que o este governo realmente se importa com alguém? Haveria algum motivo para essa "bondade" toda só com os efetivados? Todos precisam acordar, a luta é contra os desmandos do governo!
Por favor, Beatriz, uma posição do Sindute! Já passou da hora!
Em tempo, a remuneração anunciada no edital é o subsídio.

Advogado disse...

Diante disso tudo, o Edital do concurso saiu sem as vagas dos efetivados, mas não posso comentar, é errado, inconstitucional,ilegal, mas é que no momento vocês estão lutando pelo PISO. Vergonha para a classe dos professores mineiros e para o SINDICATO não tomar partido sobre essa escandalosa situação que envolve a area de educação. Não adiantará entrar na justiça depois do concurso, querendo possíveis vagas ocupadas por efetivados, pois só será aprovado aquele que passar no número de vagas existentes no Edital. Quem está pensando em passar e depois lutar por uma vaga que não existe no edital, desistam!!. Vai passar raiva e ter prejuízos. Quem se sentir prejudicado deve lutar agora para o concurso ser cancelado. Não sejam omissos diante de uma inconstitucionalidade e cobrem dos seus representantes enquanto é tempo.

Roberto disse...

O governo diz que só negocia com o fim da greve. Eu proponho que parem ela na sexta.E se até dia 31/7/2011 não houver acordo, a greve retorna.
Mesmo não acreditando, é uma tentativa de negociação.

Jaqueline Carla disse...

Olá Beatriz! Gostaria de compartilhar com você a minha insatisfação ao ler o edital do concurso público da secretaria de educação publicado hoje. Não sei se todos prestaram a atenção á ênfase dada no subsídio ao estabelecerem os salários pagos aos cargos citados no edital. Isso é vergonhoso! Quer dizer que todo esse apelo que temos feito para que o governo regularize o piso salarial para o governo e a secretaria de educação não tem tido nenhum impacto. Deveríamos fazer como os professores do Rio de Janeiro que invadiram a secretaria de Educação do Estado do Rio para se fazerem ouvidos.

mora disse...

Em que planeta o tal Roberto vive??? Parar a GREVE agora, sem nenhum ganho, seria uma prova de medo, ingenuidade, acomodação etc... Será que alguém aí acredita que o governo negociará se terminarmos a paralisação?? Não sejamos TROUXAS!!! É PISO JÁ ou não pisamos na escola. Ainda mais depois desse ridículo edital...

Anônimo disse...

ACesse o link e veja a violência que sofremos hoje. Mas a luta continua...

http://youtu.be/fyNliUI0Vzw


Amplexos,
Elenice Vidal Prata

Anônimo disse...

Bia, Colegas e outros,
a meta agora é NÃO RECUAR, ESSE GOVERNADOR ALMOFADINHA AI está na verdade recuado porque tem os deputados que não vão votar leis importantes para ele, tem as nossas buscas que temos feito aonde ele vai, então turma NÃO VAMOS RECUAR... Hoje lá na Cidade Administrativa tinham mais policiais do que professores e a turma da saúde, então deixa ele ficar mentindo, distorcendo os fatos que enquanto isso as coisas vão acontecendo e quando ele ver estaremos entrando agosto, setembro todos os demais e finais meses do anos, deixa esse governados almofadinha ficar pensando que está lidando com otários, deixa ele...
A luta continua e pisamos somente na escola com o piso salarial...
Não vamos ficar fracos, a bíblia diz que Deus faz as coisas fracas e pequenas para enganar os fortes, então Anastasia fique ai com seus soldadinhos que estamos trabalhando na calada.... E colegas continuemos firmes...

Anônimo disse...

Estou mais que decepcionada, estou chocada com tanto absurdo no edital e em toda a situação vivida atualmente na educação. Efetivados igualados a efetivos, Conhecimentos gerais sem legislação. O que é isso? Querem provar que pretendem fazer dos educadores seres amordaçados, incapazes de pensar? A questão da legislação até é compreensível. Se alguém ler nos capítulos iniciais da constituição que só se pode ingressar em emprego público através de concurso, poderá usar isso contra o próprio governo, mas como é revoltante o que vivemos em Minas Gerais. Parece mesmo que estamos voltando no tempo em que coronéis mandavam e o povo obedecia. Meu Deus! O que fazer diante de tanta injustiça? Para eu conseguir me efetivar tive que passar em dois concursos e aguardar anos para a nomeação. Agora vejo colegas que trabalharam 45 dias no estado e efetivaram em dois cargos sem nunca ter feito uma prova. E ainda sou obrigada a ler e ouvir a todo momento que aos efetivados foram dados os mesmos direitos dos efetivos, eliminando as diferenças existentes, como se os efetivos tivessem tirado algum direito dos outros. Eu não entendo, não sou contra os colegas efetivados, mas não dá para ficar calada diante de tanta injustiça, vamos todos continuar coniventes com tudo isso só para fazer a política da boa vizinhança?

Anônimo disse...

Pronto, saiu o maldito edital sem as vagas dos efetivados. O sindicato se calou e não fez NADA para impedir. Agora, o que resta é a tentativa de cancelar esse concurso e exigir novo edital constando TODOS OS CARGOS VAGOS. Que vergonha para MG...

Débora Martins disse...

Beatriz. Estou assustada, e um tanto quanto decepicionada. Hoje estivemos na cidade administrativa e havia pouquíssimo pessoal da direção do sindicato. Me senti abandonada no meio de toda aquela truculência. Achei um tanto quanto irresponsável por parte do sindicato jogar um pouco de professores na boca do lobo. Desculpe, acredito na causa, estou nela, mas sinceramente, estou preocupada com a maneira em que as coisas têm sido conduzidas e divulgadas pelo sindicato. Vide blog do nosso caro colega Euler, não dá para conquistar nada passando por isso.
http://blogdoeulerconrado.blogspot.com/2011/07/policia-de-choque-de-anastasia-reprime.html

B disse...

Ei xará.Gostaria de usar esse espaço aqui pra repudiar a atitude do governo, em preservar os "direitos" dos professsores no que diz respeito a efetivação Lei 100. Eu estou inserida nessa "lei 100 vontade" de estar nela, acho um absurdo se essas vagas( que eu e outro estamos ocupando) não forem contabilizadas no total de cargos vagos, e acho também que se outros professores que dela estão sendo "beneficiados" de não prestarem o concurso, deveriam ter bom senso e repudiarem também essa atitude do governo, pois esta atitude de criar uma lei desculpe-me a palavra, "LEI 100 vergonha, onde simplesmente efetivam pessoas que às vezes nem são profissionais da área da educação e a maioria dos profissionais foram efeitvados em áreas completamente difentes da sua.Se tiver alguma forma de abrir mão dessa efetivação e liberar a minha vaga eu gostaria muito de fazer isso, pois seria mais dígno eu estudar, concorrer e disputar honestamente a simplesmente ser conivente com essa atitude desonesta e injusta do governo.Posso dizer que se nós que estamos inseridos nessa lei 100 aceitarmos tão facilmente essa atitude do governo, mesmo sendo ele o criador dessa lei, quero dizer que não somente ele é considerado desonesto e injusto, como também todo aquele que nela está, "...pois não somente a faz mas também aprovam os que assim procedem..." "trocando em miudos". Rejeitem esse mal e saia da "cobertura dessa tão desleal efetivação.No mais, abraços a todos os profissionais guerreiros da educação.E a vc Bia um abraço e SÊ FORTE E CORAJOSA O SENHOR É CONTIGO.Vamos a luta. Bjus!!!!

Anônimo disse...

Engraçado, esse governo foi eleito no primeiro turno... Deve ter tido o apoio de muitos! Formei em 2006 na UFMG, estou terminando o doutorado na mesma instituição e até hoje estou esperando algum edital,já que a vergonhosa Lei não sei quanto nunca permitiu que eu fizesse o concurso, e agora esse edital... Vergonhoso! Professores sem concurso efetivados, muitos sem sequer formação superior, professores sem o piso... Parabéns Aécio e Anastasia! E de nada adiantaram os enterros simbólos que fazíamos de Gazolla na época em que ela era a ditadora-reitora da UFMG! Agora ela se infiltrou na secretaria de educação, para lidar com a massa proletária. Que seus conhecimentos sobre Shakespeare sejam muito úteis para tratar com quem o salário mal dá para comer!

Beatriz Cerqueira disse...

Prezados colegas,
já há uma Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público questionando a Lei Complementar 100/07.

Beatriz Cerqueira disse...

Prezada Débora,
transcrevo aqui o que já postei sobre a atividade na Cidade Administrativa.
Quero agradecer por ter postado aqui o que sei que já foi dito em outros blogs. Me dá a possilidade de refletir sobre a crítica que fez. Nenhuma direção é perfeita ou infalível mas concordo com você que não podemos ficar errando.
A respeito da falta de investimento da direção estadual me permita apresentar algumas informações: todo o nosso material foi apreendido (carro de som, bandeiras, água, etc) na entrada da Cidade Administrativa, o que dificultou que este material estivesse no "local certo" e na "hora certa". As nossas atividades são decididas pelo Comando Estadual de Greve e pela Assembleia Estadual e a atividade na Cidade Administrativa foi definida como atividade das subsedes de BH e Grande BH. Além disso, vários diretores estaduais (Uberlândia, Capinópolis, Divinópolis, Almenara, Nanuque, João Monlevade, Pirapora, Buritizeiro, Salinas e mais alguns que não vou lembrar agora além dos direitores estaduais da região) vieram antes da assembleia estadual para ajudar, contratamos fotógrafo exclusivamente para a atividade, assim como o transporte. Fizemos trabalho para que a mídia fizesse a cobertura. Agora há fatores que não dependem da gente como a quantidade de policiais militares e o aparato. Sei que havia categoria de Ribeirão das Neves, Betim, Pedro Leopoldo, Vespasiano, Divinópolis, São José da Lapa e Belo Horizonte com caravana. Onde estão as demais cidades é uma boa pergunta. As nossas atividades não são um campeonato para decidir quem é mais radical e valente precisamos agir juntos. (Gostaria de fazer outras avaliações mas não acho adequado no blog)Mas o mais importante é que os blogs não substituem os espaços coletivos, a avaliação coletiva. O espaço do Comando de Greve é o lugar para avaliarmos e muitas questões que são ditas em blogs não são avaliadas em nossos espaços. Sei que direção é vidraça e tem que ser mesmo mas o momento não é o desgastar com vistas as eleições do sindicato no próximo ano. Se esta greve não for vitoriosa não será para ninguém, o ônus não é apenas da direção porque direção muda e a categoria continua. Direção fraca é categoria fraca sem poder de negociação. Apesar das dificuldades, acho que temos acertado em nossas estratégias. Nenhuma greve é fácil, mas estamos na luta.
Um abraço,
Beatriz

mora disse...

Estado de exceção. A sentença do juiz Octávio de Almeida Neves (eu disse NEVES)é uma piada. Vamos lá:o caboclo falou que a matéria ainda está sendo discutida no STF. O cara é doido!!! O Supremo já se pronunciou em 06.04 e ratificou a decisão em 27.04.11 garantindo a integralidade da LEI FEDERAL 11738/08. Portanto, é necessário recorrer o mais rápido possível, para que não tenhamos essa reviravolta na nossa luta...

Débora Martins disse...

Oi Beatriz, obrigada pela resposta! Com certeza a direção tem acertado muito mais do que falhado. O canal aberto é prova de que vivemos dias melhores. Desculpe se no momento pareci grosseira, mas acredito que sindicato e categoria devem nesse momento compartilhar dos seus sentimentos em relação ao movimento. Creio na luta e mais ainda na vitória.

Anônimo disse...

FICO MUITO TRISTE VENDO COLEGAS DE PROFISSÃO AINDA TRABALHANDO!SOU DE TIMÓTEO MAS HJ MORO EM CONTAGEM!!MEU SOBRINHO DISSE QUE A ESCOLA ANA LETRO TRABALHOU ATÉ HJ, ESTÃO ENTRANDO DE FÉRIAS!!E U CONCLUO QUE SE ELA TRABALHOU NORMALMENTE, TODAS ESCOLAS DA CIDADE TRABALHARAM PQ ESSA ESCOLA É A DE REFERÊNCIA NA CIDADE!PENA VIU! LÁ NA CIDADE ADMINISTRATIVA MUITO POUCO FUNCIONÁRIOS!!PRECISAMOS FAZER PIQUETE NAS PORTAS DAS ESCOLAS!!IGUAL AOS SINDICATOS NA ERA LULA!!BEATRIZ GOSTO MUITO DE SUA ATUAÇÃO EM FRENTE AS NOSSAS LUTAS!DEUS TE PROTEJA SEMPRE!

Anônimo disse...

LENDO OS COMENTÁRIOS: ME DEPAREI COM COMENTÁRIOS SOBRE A LEI 100!ESTÃO INDIGNADOS, MAS EU COMO UMA PROFESSORA EFETIVADA, TAMBÉM FICO INDIGNADA!!PASSEI NO CONCURSO, ERA A TERCEIRA DA LISTA E O QUE O SER AÉCIO FEZ PARA ENCHER AS SACOLAS DO ESTADO!NÃO PRORROGOU O CONCURSO!E NA MINHA ÁREA NÃO HOUVE CONCURSO ATÉ HOJE!!PENSO QUE TODO MUNDO OLHA É PARA SEU UMBIGO MESMO!SE É CONSTITUCIONAL OU NÃO EU SEI QUE MEREÇO ESSA VAGA!SÓ ACHO QUE A FORMA QUE FOI FEITA QUE NÃO FOI CORRETA!!NOSSOS PROFESSORES ANTIGAMENTE FORAM NOMEADOS PELA ESSA MESMA MANEIRA!! UM LEMBRETE, ESTOU DE GREVE, APOIANDO A LUTA!!

Anônimo disse...

LENDO OS COMENTÁRIOS: ME DEPAREI COM COMENTÁRIOS SOBRE A LEI 100!ESTÃO INDIGNADOS, MAS EU COMO UMA PROFESSORA EFETIVADA, TAMBÉM FICO INDIGNADA!!PASSEI NO CONCURSO, ERA A TERCEIRA DA LISTA E O QUE O SER AÉCIO FEZ PARA ENCHER AS SACOLAS DO ESTADO!NÃO PRORROGOU O CONCURSO!E NA MINHA ÁREA NÃO HOUVE CONCURSO ATÉ HOJE!!PENSO QUE TODO MUNDO OLHA É PARA SEU UMBIGO MESMO!SE É CONSTITUCIONAL OU NÃO EU SEI QUE MEREÇO ESSA VAGA!SÓ ACHO QUE A FORMA QUE FOI FEITA QUE NÃO FOI CORRETA!!NOSSOS PROFESSORES ANTIGAMENTE FORAM NOMEADOS PELA ESSA MESMA MANEIRA!! UM LEMBRETE, ESTOU DE GREVE, APOIANDO A LUTA!!

Elisa disse...

Caros colegas quero aqui chamar a atenção dos colegas efetivados que ficam chateados quando alguém questiona a lei(100efeito).Estas pessoas não entendem que o que a gente quer é respeito para com todos-esta lei não existe ,as garntias que o governo esta prometendo não existe.Alguém lembrou que no passado professores foram efetivados desta forma,isso é verdade,só que foi antes da CONSTITUIÇÃO de1988 entende?Hoje o trabalhador só tem direitos legais mediante a aprovação em concurso público.Tenho uma irmã e uma sobrinha efetivadas e elas tem consciência quem é preciso se aprovarem no concurso.Boa Sorte para todos.Abraços professora Elisa.

Elisa disse...

Caros pais eu estava mesmo querendo saber cadê vocês.Já passou da hora de voces se organizarem junto com o Conselho Tutelar,os defensores do ECA,o ministério público e defenderm o interesse de seus filhos.Mas não é conosco que voces devem falar e sim com quem está realmente prejudicando seus filhos.Entrem na justiça também para o governo cumprir a lei e seus filhos terão ensino de qualidade.Vão á luta.Boa sorte!Ágape para todos.Professora Elisa