quinta-feira, 30 de junho de 2011

Outro dia de luta pelo Piso Salarial

Colegas,
durante o último Comando de Greve recebi algumas críticas de que era inadmissível que eu postasse no blog informações sobre o movimento antes de serem divulgadas no site do nosso sindicato.
Resisti por muito tempo em ter ou participar de um blog, porque sei que as informações têm que ser rápidas, a interação é permanente e é uma forma de exposição. Sempre precisei de momentos de "hibernação", ficar quieta. No meu caso ajuda a recuperar a energia que investimos em ações sempre tão públicas como reuniões, assembleias, manifestações, entrevistas, etc.
Mas não dá para negar que as redes sociais chegaram para ficar. Grandes manifestações têm sido articuladas assim, bem como mudanças estruturais em países.
Por isso esse blog foi criado. Quero esclarecer que não há empresa que o administra, não há nenhum funcionário do sindicato que tenha como atribuição postar ou atuar no blog, ou seja não há nenhum investimento financeiro do sindicato neste blog.
Respeito a opinião destes colegas, que pode ser a de muitos outros, mas a questão é que como estamos sofrendo um processo de cerceamento das informações nos meios de comunicação, como as informações são essenciais para a manutenção do quadro de greve e como as informações do dia de hoje só estarão no site amanhã, vou partilhar agora informações que avalio que sejam importantes.
Se estiver errada, aceito as críticas e mudo o comportamento.
Publicação do Acórdão pelo STF
Um argumento utilizado pelo Governo do Estado para não discutir o pagamento do Piso Salarial é a ausência da publicação do Acórdão com o resultado da votação da Ação Direta de Inconstitucionalidade 4.167 que questionou a Lei do Piso Salarial. Sabemos que não seria preciso esta publicação para que o Estado iniciasse a negociação sobre o Piso Salarial em Minas. O Governo já mudou de estratégia e agora afirma que paga o Piso porque paga o subsídio. Mas avaliamos em vários espaços de discussão que a publicação do Acórdão é mais um elemento a favor do nosso movimento. Por isso, paralelo a greve, a direção do sindicato iniciou um processo de acompanhamento e pressão junto ao STF pela publicação do Acórdão.
Com a ajuda do Gabinete do Deputado Federal Padre João, conseguimos o agendamento de várias reuniões com os gabinetes dos Ministros do STF. Iniciamos pelo Gabinete do Ministro Joaquim Barbosa, que foi o relator da Ação. Depois fomos dialogando e reunindo com os gabinetes dos Ministros que ainda não tinham enviado seu voto (Ministros Gilmar Mendes, Ayres Brito, Carmen Lúcia e Celso de Melo). No final da tarde desta quinta-feira, dia 30/06, reuni com o Gabinete do Ministro Gilmar Mendes, em Brasília. Era o voto que faltava. Após a reunião, conseguimos o compromisso de que o voto do Ministro será liberado ainda hoje. O Deputado Federal Padre João também participou desta reunião (foi com a ajuda do gabinete dele que conseguimos o agendamento dela).
Com isso todos os votos foram liberados para publicação do Acórdão.
Discussão com o Ministério da Educação
Em vários espaços de discussão do nosso movimento avaliamos a necessidade de discutir algumas questões relacionadas à lei 11.738/08 e cobrar do Ministério da Educação uma postura em relação ao cumprimento do Piso Salarial em todo o país.
Nesta quinta feira, fui ao Ministério da Educação. O diretor de Valorização dos Profissionais da Educação do MEC Antônio Roberto Lambertucci (faz parte de uma Secretaria recentemente criada pelo Ministério) recebeu a solicitação do Sind-UTE de audiência com o Ministro da Educação Fernando Haddad. Ao protocolar o pedido expliquei as principais demandas que queremos e precisamos com urgência discutir:
- o Piso é para a jornada existente na carreira do sistema de ensino e não para jornada de 40 horas. É preciso que a posição do MEC seja clara.
- o valor do Piso Salarial anunciado pelo Mec precisa ser revisto. Do jeito que está há uma defasagem de dois anos no cálculo do Piso.
- o Governo Federal precisa ter um postura mais ofensiva de articular e cobrar de estados e municípios o Pagamento do Piso Salarial. Há Estados que não cumprem a Lei Federal 11.738/08 e não acontece nada.
O pedido desta Audiência foi definido pelo Comando Estadual de Greve que se reuniu no dia 28/06.
Agora é aguardar e cobrar o retorno para o agendamento desta reunião.
Postado 21:30

80 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns Bia Pela sua coragem de lutar e sei o quanto é cansativo questionar, reeivindicar, ficar acordado mais de 18 horas por dia. mas vale a pena. Parabéns você é Fera. Idinei de Ipatinga

Anônimo disse...

Concordo plenamente que é um absurdo usar recursos financeiro do sind-UTE para promover blog pessoal.
Foi isto que aconteceu com o seu blog.
Está no site do sind-UTE bem como em Boletins do sindicato, mantido com a contribuição minha e de tantos filiados a propaganda e divulgação do seu blog.
Por que não um blog do sindidato?
Seria muito mais digno da história do nosso grandioso sindicato.
Espero que publique esta mensagem, pois já tive algumas censuradas.
Transforme o Blog da Beatriz em Blog do Sind-UTE.

blog ppg disse...

É isso aí Beatriz,aposto no poder de luta desta categoria. Acredito nesta direção do sindicato. É por este caminho que vcs estão indo... SIGA EM FRENTE. Éder Barra - Vazante - MG

Cida/Jaíba disse...

Valeu, Bia!
Parabéns, amiguinha! Você é uma grande guerreira e tenho certeza de que Deus nos dará essa vitória por tantos anos de luta e por tantos companheiros que bravamente lutaram!
Publicação do acórdão: mais uma vitória da nossa categoria. Agora só falta cumprir a lei!
Forte abraço
Cidinha Jaíba

Anônimo disse...

Beatriz, críticas sempre acontecerão, são inevitáveis. Porém a criação do blog foi um ganho para a categoria que agora tem mais acesso as informações. A demora e a falta de informação era uma reclamação frequente que foi sanada, pelo menos parcialmente, com este blog. Existirão os que farão críticas, eu até imagino os argumentos, mas acredito que a maior parte da base está muito satisfeita com a proximidade que o blog representa, talvez seja esse o receio de quem critica. Parabéns pela decisão acertada de criação e manutenção de mais esse meio de comunicação.
A notícia da publicação do Acórdão também é ótima e dará mais fôlego a nossa luta.
Parabéns mais uma vez pela excelente condução dos trabalhos. Divergências sempre vão existir, mas é inegável o seu compromisso com a luta e com a categoria. Espero que o blog seja mantido.

Adriano (subsede venda nova)

Rei disse...

Beatriz, criar esse blog foi uma iniciativa muito boa. Através dele todos nós temos acesso rápido às informações e é como você disse, isso é muito importante para o fortalecimento da luta. Além disso, transformou-se em um fórum de discussão da nossa luta.
Parabéns!
Professor Reizinho/Jaíba

Anônimo disse...

Beatriz,

Você de fato é uma VERDADEIRA GUERREIRA! Estamos bem representados, sem a menor sombra de dúvidas. Esta direção sindical, de fato, tem uma visão holística de movimento sindical. Vocês se tornaram uma referência nacional em mobilização de trabalhadores.

Eurides dos Santos

Dimas Nunes disse...

Fico extremamente satisfeito com sua atitude e entendo que precisamos usar este meio de comunicação para que possamos estar mais atento ao que acontece e ao que acontece com mais rapidez. Parabéns pelo seu trabalho e aguardamos mais novidades a qualquer momento.

Anônimo disse...

Beatriz,

Dá uma olhada no que o Tribunal de Justiça determinou sobre o corte de pagamentos em Santa Catarina. É uma conquista não??? rsrsrs!

Eurides dos Santos


http://app.tjsc.jus.br/noticias/listanoticia!viewNoticia.action;jsessionid=0A7844093531165CD140F9387AA8651D?cdnoticia=23704

Paulo Guerra disse...

Beatriz, confirme para mim por gentileza.
Tenho conseguido convencer muitos de meus colegas a aderirem a greve, apesar de muitos morrerem de medo de terem seus dias cortados e o nosso governo lhes roubar o salário mesmo que reponham as aulas no futuro (fato que já aconteceu outrora).
Tenho dito a eles que antes do governo cortar o salário o mesmo tem que avisar oficialmente que irá fazer isto, não é? Assim aqueles mais inseguros (fracos) poderiam voltar. Pelo que entendi nossa greve este ano é totalmente legal, visto que a ilegalidade se encontra na outra parte, vulgo governo.
Sou grevista nato e mais uma vez ressalto a necessidade de intervenção junto a Diretora Maria dos Anjos Cardozo da Escola Estadual Laurita de Mello Moreira (R. FAUNA Nº 45 Bairro: NOVO PROGRESSO CEP: 32115220, tel. 3393-6083) está recrutando e reorganizando professores para cobrir a ausência de professores em greve no turno da Noite. Esta diretora é tendenciosa e fica a todo tempo ameaçando os funcionários para que muitos desistam de entrar de greve, seria muito importante uma visita do sindicato para dar segurança aos envolvido. Os únicos com coragem para enfrentar a tirana foram alguns professores EFETIVOS do turno da noite e manhã.
OBRIGADO e por favor me responda.

Anônimo disse...

Boa noite Beatriz.

Me esclarece uma coisa: os ministros do STF estão votando o quê? O teor do acórdão? O que pode estar neste acórdão? Poderemos ter notícias desagradáveis?

Anônimo disse...

Acho que seu blog representa um avanço imensurável para todos nós internautas que desempenhamos um papel importante na divulgação do nosso movimento

Igor

Anônimo disse...

Beatriz,
já leu a matéria que foi publicada no jornal Hoje em dia? "Greve se arrasta há 22 dias e atormenta pais e alunos.Movimento está desarticulado, mas exige que famílias façam malabarismos para se adequar à mudança na rotina"
Um grande abraço.

Anônimo disse...

Beatriz,
parabéns pela garra , força e inteligência pela qual tem conduzido a nossa greve.
Parabéns por esse blog, apesar das críticas acredito que você está correta e te apoio!
Abraços e força na luta.
Odair José - Montes claros

Isabel Assumpção - Manhuaçu disse...

Beatriz,
tenho acompanhado seu blog, é a primeira vez que faço um comentário e quero parabenizá-la por ter a coragem em assumir essa luta em prol da dignidade de nossa classe. Não é hora de ligarmos para questões de melindre como me parece ser o fato de ter que esperar divulgação oficial como você comenta logo no início. Continue agindo com esta rapidez. Somos muitos os que estamos ávidos para saber do andamento de tudo o que tem acontecido. Que Deus abençõe a todos nós que estamos apenas buscando um direito garantido por lei e que você e tantos outros que estão na linha de frente desta batalha, possam sempre estar nos esclarecendo e fortificando nossa união. Continuemos nossa luta. Um grande abraço.
Isabel.

Anônimo disse...

Beatriz, estou em greve, estou na luta, porque confio em sua liderança, nas ações traçadas. Peço que não haja esquecimento daqueles, meu caso, que estão há muito tempo na carreira, mais de 23 anos, têm dois cargos. Que Deus nos abençoe e nos dê que venha o piso salarial.

outra coisa, como ficará o período de férias? Estaremos em férias ou em greve? Adriana

Anônimo disse...

Oi Beatriz, a minha felicidade de ler o post acima não tem preço, faço orações todo o santo dia para que Deus nos proteja nessa luta contra o mal.
Parabéns, e não vamos perder essa guerra!!!
Força a todos que permanecem na luta!!

Há já ia esquecendo, fiz as contas no meu contra cheque, e cheguei a conclusão que o governo do estado de minas gerais, desde janeiro 2010, me deve quase 8.000 reais (diferença do subsidio e o piso)

Abraços calorosos!

Sebastião de Aguiar disse...

Oi, Beatriz!
Acho interessante esta comunicação mais dinãmica e rápida, que permite não só a veiculação e difusão de informações como também nos aproxima permitindo um grau de interação que seria muito difícil no nossso dia-a-dia.
Uma coisa é você acatar as decisões (por vezes distantes)que partem do comando de movimentos ,outra coisa é se sentir copartícipe deste processo mais democrático de organização e luta.Estamos juntos nesse processo,resgatando VALORES, ESTABELECENDO NOVAS CONEXÕES, ampliando os horizontes e estreitando os laços de pertença e amizade com esta instituição. Fico feliz por essas últimas informaçôes dadas por você e acredito que este seja o caminho até mesmo para acabar com o jogo de contra-informaçôes tão utilizado nestes tempos e que atemorizam tantos dos nossos.
Coragem, Fé e perseverança. Este é o caminho. Esta é nossa luta!Isto é nossa vida! Isto é nossa HISTÒRIA, e NÓS a escrevemos JUNTOS!
Um abraço cordial.
Sebastião de Aguiar (Bocaiúva)

Língua e Literatura disse...

Concordo com sua atitude, Beatriz! Como já disse aqui a informação é o que nos move neste período de greve e se o site não dá conta de nos informar tão agilmente quanto o blog, nada melhor que acessarmos informações por ele. Na última assembleia você havia dito que os efetivados não deveriam ficar tranquilos quanto à estabilidade mas o governo insiste nesta informação, acredito até que seja um meio de pressioná-lo a ficar do lado deles, o sindicato vai tomar alguma providência a esse respeito>>> Aguardo resposta, obrigada, Élida - Ubá.

Maria Eunice disse...

Beatriz, apoio você na atitude de criar um blog para informar em tempo real o que está acontecendo. É de pessoas corajosas, como você, que a educação está precisando. Que não tem medo de tentar e rever suas ações caso constate que se equivocou. Obrigada pela sua luta, obrigada por nos representar.
Um abraço.

Professor Sinval /Teófilo Otoni disse...

Muito bem companheira Beatriz,ação muito positiva. os órgãos federais precisam se posicionarem. valeu mesmo, isso nos torna mais orgulhosos e confiantes.
Sinval.

Anônimo disse...

Beatriz,

As informações devem sim, ser postadas no blog,dessa forma ficaremos atualizados mais rapidamente. Parabéns pela iniciativa.

Anônimo disse...

Meus Deus, o sindicato agora que vai fazer reunião no mec?????? Entramos de greve sem termos tido uma reunião com o mec?????? Digo isso porque fizemos uma de 47 dias ano passado... Há um descompasso muito grande na greve desse ano. Nem o mec sabe, de fato, como irá cobrar o piso dos município e estados. Há idéias e propostas, é claro, mas nem eles fecharam isso, como já entrams de greve se eles nem decidiram os termos necessários para que possamos fundamentadamente exigirmos aqui no nosso estado? Veja como nossa greve foi precipitada. Tudo que conquistamos ano passado está sendo desmantelado esse ano. Há muitas pendências a serem discutidas ainda para que possamos, de fato, bater de frente e exigir do governo estadual. O sindutemg está querendo brilhar antes da hora!!

Anônimo disse...

Prezada Beatriz, tenho novidades. Acabei de ver o meu contra cheque e está no piso novamente. O valor do piso é de 617,90(Pós-graduação). Está difícil de entender porque teve o desconto de falta greve de 633,43. Então não sei o valor real. Mas o piso está abaixo da lei e comigo o governador está fora da lei. Posso divulgar o meu contra cheque, pois não recebo o piso. Outra coisa que está errado é o meu símbolo. Em dezembro era EEB2B e no subsídio era EEB2A. Permanece no contra cheque EEB2A. E agora, o que o governo quer? Vamos esperar. Um abraço, Paula.

Anônimo disse...

Beatriz, vc é uma guerreira e vamos conquistar tudo que estamos querendo. Vc não está sozinha. Obrigada.

Anônimo disse...

Beatriz,
Que bacana está sendo a luta da categoria tendo você como coordenadora. Tiramos o chapéu pra você. Quanto ao seu blog é ótimo termos isso como nosso aliado. É onde podemos dar nossas opiniões e nos informar com maior rapidez de tudo que está ocorrendo e nos interar com colegas de todo o estado. Só estamos preocupados que em nossa Escola Betania Tolentino Silveira-Espinosa-MG A diretoria ANGELA OLIVEIRA PRATES E O vice-diretor WILLIAM SEPÚLVEDA está boicotando nosso movimento fazendo horário especial para alguns colegas que estão somente cumprindo horário, mas o trabalho com os alunos está totalmente paralisado até hoje, mas já há um carro de som anunciando na rua que as aulas voltarão nesta segunda normalmente. Oque devemos fazer, se mais de 50% dos professores não aceitam o retorno às aulas, e tb esta diretora está coagindo colegas para assinar declaração de que está de greve e fazer corte de pagamento? Precisamos urgentemente de sua ajuda em que medidas tomar.
PROFESSORES DE ESPINOSA-MG

Anônimo disse...

Parabéns Beatriz, reconheço sua garra, sua determinação. O Sindicato está muito bem representado por você. Acho que todos nós educadores teremos que está unidos para conseguirmos os nossos objetivos.

Anônimo disse...

Beatriz, mil perdões, mas fui olhar o meu contracheque de novo porque tava todo mundo da escola me ligando para saber porque só o meu estava no piso e acho que digitei errado. Coloquei 2010. No meu está escrito igual ao de todos: disponível só dia 07. Desculpe a minha falha. Acho que é pressão demais. Um abraço para todos, Paula.

Jodson disse...

BEATRIZ, SOU PROFESSOR DE IPATINGA E SOU SEU FÃ. ACHO QUE VOCê MERECE O RESPEITO DE TODOS OS PROFESSORES, A MUITO NÃO VIA ALGUÉM COM TANTA FIBRA E COM TANTA CORAGEM DE LUTAR POR NOSSOS DIREITOS. AGRADEÇO A VOCÊ POR SUA DEDICAÇÃO E PAREBENIZO POR SUA COMPETêNCIA. A VITÓRIA VIRÁ PORQUE TODOS MERECEMOS, MAS VOCÊ MERECE AINDA MAIS. OBRIGADO!!! JODSON

Lecioni disse...

Que bom que o dia de ontem foi positivo! Com certeza essa ação contribuirá com a nossa greve e com os municipios que estão mobilizados para conquistarem o Piso. Sempre avante! Estamos no caminho certo.

Anônimo disse...

É dificil acreditar que um professor faça restrições quanto a forma de divulgação de informação. Seja neste blog ou no site do sindicato, qual a diferença? O importante é haja cada vez mais canais de comunicação. Alias, eu ainda desconheço outro um lugar onde este recurso é tão mal utilizado como na educação. Suspeito que até por parte do professores, alguns por não saberem usar, outros por conservadorismo infundado. Essa retrocidade só tem a depor contra nós. Um professor, apartir do momento que lida com a preparação das gerações que virão não se pode dar o direito de manter determinados conservadorismos. O próprio site da SEE é muito mal utilizado, as atualizações são esparsas. As inspetorias não possuem qualquer meio virtual para divulgação de aulas disponíveis, o que faz os iniciantes darem a mesma "pernada" todos os dias para acompanhar o lancamento dos editais. Parabéns pelo blog, e não tema em fazer uso dele.

Silvia/ Esmeraldas:Gestar II disse...

Olá, Bia.
Seu blog está muito bacana. Não se preocupe com essa crítica. É aqui que eu e muitos outros servidores da educação passamos primeiro para saber como as coisas andam. É como se todos tivéssemos o número do teu celular e pudéssemos entrar em contato para saber do processo. Seu blog é que estava faltando no movimento.
Abraços.
A greve continua...

Lauderson Assis disse...

Continue postando no blog, está excelente, acesso varias vezes ao dia para ver se há informações novas. Não se intimide com críticas. O seu trabalho de informação é brilhante e muito esclarecedor. Parabéns!!!

Cícero disse...

Parabéns pela luta incansável. Admiro de verdade essa classe, tão sofrida , mas ao mesmo tempo, forte e batalhadora.
Beatriz, gostaria de salientar quanto a questão do concurso público: deveria ser em etapas, pois muitos de nós podemos fazê-lo como professor,em uma área ou mais, ou como Especialista da Educação. Por isso, se for acontecer em um mesmo dia, muitas e muitas pessoas ficarão prejudicadas.

Espero contar com mais essa Ajuda.

Anônimo disse...

Beatriz, você está certíssima em criar o blog, afinal, é um espaço democrático, e melhor, onde podemos interagir, nos comunicarmos, expormos dúvidas, opiniões, críticas, sugestões. Esse espaço já se tornou fundamental para nossa greve, e sempre aguardamos ansiosos as próximas publicações. É como se estivéssemos "conversando", coisa que não daria para você fazer com os milhares de servidores pessoalmente ou por telefone. Por favor, continue a publicar e não dê bola para quem está criticando esse espaço! Tem gente que ainda não vive na era das informações instantâneas e não sabe lhe dar com os benefícios que esse meio de comunicação nos proporciona. Para ser sincera, eu abro a página do Sindiute, dou uma lida rápida, mas meu interesse é correr para os posts que você publica aqui e ler os comentários dos colegas. Um abraço e força na luta!

Anônimo disse...

Beatriz, por favor, continue usando este espaço para nos informar sobre a greve. Aqui em Uberlândia, o que sei e que tenho repassado para meus colegas, busco no blog. Em tempos de internet, esta ferramenta é imprescindível.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se o sindicato já tem alguma informação sobre o contracheque deste mês, pois quem voltou para o antigo regime remuneratório, não está conseguindo acessar seu salário. Somente os que permaneceram no subsídio conseguem acessar.
A dúvida é: já receberemos o piso ou voltaremos a receber o salário de dezembro de 2010?
Reduzir o salário é contra a lei. Se isso acontecer mais um motivo para a greve continuar.

Silvio Gontijo

Anônimo disse...

Beatriz,
Acho inadmissível que você poste no seu blog informações sobre o movimento antes de serem divulgadas no site do nosso sindicato. Isso é promoção pessoal. Se o site do Sindicato está com problemas de agilidade, a solução apresentada pela diretoria deveria ser a agilidade de comunicação do sind-UTE e não de blogs pessoais. A luta e a organização do sind-UTE sempre foi pautada na coletividade e não no individual.
Além do mais , houve sim investimento do sindicato no seu blog pessoal. Está lá no site do sind-UTE bem como nos boletins a divulgação e a promoção do seu blog.
Acho lamentável tudo isto.
Sandra, Uberlândia

Anônimo disse...

vc está corretissima Bia. As informações hj em dia tem q ser publicadas instantaneamente.
O mundo ta mudando e nao podemos ficar de fora dele

Gilson Vieira Soares disse...

Não é fácil para um designado aderir a greve quando o mesmo está predestinado ao subsídio e ver vagas dos efetivados pela lei 100 não serem colocadas para concurso. Aliás vagas muitas vezes de professores sem habilitação ou habilitação em outra área. Por incrível que parece está mais fácil galgar uma vaga na rede privada do que na pública.
Concurso já e abaixo a lei 100. Por favor Beatriz, chega dessa "zona de conforto", se queremos cobrar a Lei do piso, o façamos com dignidade sem atropelar outras. Chega de jogar a sujeira pra debaixo do tapete, vamos debater o assunto. O governo tentou dividir a categoria e conseguiu. A maioria dos designados que conheço, repito, que conheço, não aderiram a grave.

Mirtes disse...

Parabéns, Bia, pela a intrepidez com que tem lutado pelo reconhecimento e valorização da categoria.Com assinatura do Acórdão espero que o sr governador cumpra o quê está determinado pelo STF.

Sidilúcio Ribeiro Senra disse...

Bia
Parabéns pela agenda em Brasília. Esperamos que o Toninho ex Presidente do Sindute possa de fato fazer com que a Secretaria do MEC, valorize os Trabalhadores da Educação.
Estamos em São João del Rei para recepcionar o Governador. Caravanas de Muriaé, Leopoldina, Viçosa, Ponte Nova, Urucânia e Juiz de Fora.
Força na Luta
Sidilúcio Ribeiro Senra

Anônimo disse...

Espero que as negociações possam avançar depois dos encaminhamentos de ontem. Continue sim nos informando também atravez de seu blog.Quanto mais informação melhor. Isso nos dá força para continuarmos lutando.

MARCOSPACHECAO disse...

PARABENS SEJA FORTE E CONTINUE POSTANDO. UM FORTE ABRAÇO. MARCOS - POUSO ALEGRE.

luisinho34 disse...

Lamentável infelizmente Sandra (de Uberlândia), é em tempos atuais pessoas como vc pensarem assim.Pense bem, se assim a comunicação se tornou mais rápido, que seja assim ora..Bia continue, pois do outro jeito estava muito pior, as informações demoravam a serem postadas..
Um abraço,
Luís

Anônimo disse...

Beatriz,
Parabéns pelo pelo blog,eu fui um dos que defendi isso,a crítica faz parte.Devemos usar a rede do facebook também,talvez o sindicato deveria criar um facebook dos professores de MINAS,nao sei o nome adequado,mais isso vai atingir os estudantes e permitir maior interação e agilidade do que o próprio blog.
Daniel

Professores Espinosa disse...

Bia postei algo sobre o andamento da greve eem Espinosa-MG e ainda não está disponivel nos comentários. O que houve?
professores de Espinosa

Arlete Aguiar disse...

Beatriz, parabéns pelo Blog, etá muito interessante e nos ajuda a nos fortalecer na luta. Não desistiremos jamais. Eu acredito em vitórias!!!! A Valorização dos profissionais e da Educação acontecerá.Para isso, precisamos de líderes como vc. e de companheiros fortes na luta.

Kelly disse...

Olá Beatriz!
Primeiramente gostaria de parabenizá-la pelas suas ações dentre elas a criação deste blog. Uma de nossas colegas comentou que este é o SEU blog, concordo, mas ela está se esquecendo que você é a NOSSA coordenadora geral do SINDUTE/MG, portanto peço-lhe que continue postando as notícias, este é também um espaço de interação. Força companheira pois a LUTA CONTINUA!
Abraços.

Patrícia disse...

Beatriz, ainda que o fato de você postar informações no seu Blog antes delas estarem no site do sindicato fosse promoção pessoal, AINDA ASSIM, VOCÊ ESTARIA NO SEU DIREITO DE FAZÊ-LO. O blog é seu, pessoal, e deve ser acessado por pessoas que estão interessadas em saberem o você sabe, o mais rápido possível. Não há diferença em ler estas informações aqui ou no site do Sind Ute. ESTAMOS UNIDOS E CONFIAMOS NA SUA LIDERANÇA!!

Profª Patrícia - Montes Claros

Anônimo disse...

Olá, Beatriz,

Você é uma pessoa bem articulada e capaz de fazer intervenções muito importantes junto aos poderosos.
Parabéns pelo Blog.
Críticas? - Que sejam bem-vindas se servirem para alguma coisa e desprezadas se não se prestarem a nada.
EStou um tanto mais animada. Tenhamos fé e confiança. Estamos fazendo a nossa parte. "Nossa Senhora do Magistério" - uma Santa que eu inventei sempre me protegeu. Não vai ser agora que Ela nos abandonará. Risos carinhosos.

Um grande abraço!

Anônimo disse...

Beatriz, continue com seu blog. Você já demonstrou a todos que é uma guerreira. Moro no interior e uma das formas que tenho para acompanhar a greve é através do seu blog. Admiro sua postura. Parabéns!!!!

Luciano História disse...

Acho a ideia do blog sensacional, antes demorava muito a gente obter informações sobre o que estava acontecendo.Quem está criticando o seu blog deveria voltar as criticas para o site do sindute que infelizmente demora demais em atualizar as informações.Na era das redes sociais virtuais um blog é uma ferramenta indispensável.

Luciano História disse...

Beatriz, o deputado Pedro Uczai de Santa Catarina está defendo a inclusão na lei do piso de um artigo que estabelece que um professor com curso superior receba 50% a mais que um professor de nível médio, além disso as promoções de mudança de nível seriam de 25%.Se for aprovado o governo de Minas terá que mexer até mesmo no subsídio pois ele possui promoções ridículas de 10%.Você sabe se o CNTE está se mobilizando também para a aprovação desse projeto?

Anônimo disse...

O Blog foi uma iniciativa sua para promover maior interação com a comunidade escolar de Minas Gerais e divulgar as notícias do sindicato que você representa.
Sua iniciativa tem muita legitimidade. Parabéns!
Continue postando as notícias e mantendo mais esta via de contato conosco.

Abraço,

Rodolfo.

Anônimo disse...

Olá Beatriz,
Há muito tempo não tenho me envolvido em assuntos do sindicato por ter tido algumas decepções com o mesmo...
Tenho acompanhado algumas de suas falas pelo rádio em 2010 e agora pelo seu blog. Confesso que você me trouxe esperanças de se ter novamente um sindicato da categoria e não do governo. Agradeço a você por isso.
Todos nós sabemos que qualquer nação que queira progredir, crescer, evoluir tem sempre como PRIORIDADE, INVESTIMENTOS EM EDUCAÇÃO. Infelizmente, o governo de Minas insiste em não se lembrar disso. Há um tempo atrás, no governo do senhor Aécio Neves, havia uma propaganda na TV com um slogan mais ou menos assim: "Minas anda nos trilhos..." Sabe para quê: para ser atropelada pelo trem de arbitrariedades do governo.
Todos nós sabemos que se o professor e todos os profissionais de educação ganharem o suficiente para se sustentarem sem se matarem de tanto trabalhar em 2 ou 3 escolas, sem ter horário de almoço, sem ter dinheiro para se alimentar decentemente, todos terão tempo suficiente de "investir" em seus alunos e se dedicar mais intensamente no que fazem, isso seria um RISCO ALTÍSSIMO para os nossos governantes, pois população com FORMAÇÃO CONSCIENTE jamais aceitaria um governo truculento e arbitrário, por isso tanta RESISTÊNCIA EM CUMPRIR A LEI. Eu tenho me perguntado POR QUE VÁRIOS GOVERNOS ESTADUAIS, INCLUSIVE MINAS, PODEM INFRINGIR A LEGISLAÇÃO sem que haja uma postura eficaz do judiciário...
Será que a "estátua" simbolo da justiça tem uma venda nos olhos é para não ver o que é IMPRESCINDÍVEL ENXERGAR?
Espero que você tenha toda a força e a coragem necessárias para continuar nos representando e que Jesus te abençoe. Um abraço.

Anônimo disse...

Beatriz,

Boa noite!
Moro em Itajubá, no Sul de Minas, e foi comentado por aqui, que o contra cheque não está disponível, porque ele regularizou a situação de quem fez a opção pelo vencimento básico. Fui verificar minha situação funcional e pelo visto a informação procede.
Daí, fiquei pensando...
Ontem um deputado chegou a dizer que até segunda (04/07) o governo dará um posicionamento. Estou apreensiva. Não me espanterei se ele fizer alguma coisa pra prejudicar os que optaram pelo antigo regime.
Tem alguma novidade?
Obrigada.

Maria Aparecida da Silva
Itajubá

Anônimo disse...

Carlos Moraes(Montes Claros)
Colega Beatriz:
Concordo com todas as suas colocações e ações.Voçê tem demonstrado lucidez e sensibilidade ao captar os reais interesses da categoria.Tenho, também, enviado e-mails aos deputados federais que compõem a base governista no sentido de cobrarem da Presidente Dilma e do Ministro Fernando Haddad de se manifestarem a nosso favor nesse impasse que foi criado na implementação da Lei do Piso.
Peço aos companheiros de luta que façam o mesmo!!!!
Precisamos, também, tomar ações júridicas em várias instâncias contra esse governo mentiroso.E continuar com as ações na ALMG que trazem repercussão ao nosso movimento.
Até dia 06/07 em BH.A LUTA CONTINUA!!!
Saudações fraternas!!!!

Beatriz Amigo Poncio disse...

Ei Biaaaaaaaaa,realmente criticas virão minha amiga e xará, mas esteja firme e focada nessa caminhada.Parabéns pelo blog, devemos entender que sua jornada não é nada fácil.Descanse, alimente-se bem, tenha bons sonos.Que Jesus continue te fortalecendo e que a cada manhã Ele lhe dê muita energia, disposição e ânimo.Abraço.

Rosangela de Aguiar disse...

Querida Beatriz, este blog ,maravilhoso,que nos conecta,não é seu . Na realidade ele é de todos os bons profissionais da área de Educação que procuram se manter bem informados,além do site do sindi-Uti/Educação que também é muito bem organizado e atualizado.Estes dois veículos nos dão uma boa noção de como vai a EDUCAÇÃO,não só no estado de Minas Gerais,mas em todos os estados.

Percebe-se o grandioso compromisso seu e de toda a equipe coordenadora deste sindicato,que com certeza se privam de seus compromissos pessoais,do lazer...

Esta semana.sem dúvida, foi muito importante e determinante para a nossa luta. Estar junto ao MEC,levando até este Ministério os problemas e as cobranças,com certeza surtirão efeitos positivos . Isto é um grandioso exercício de cidadania e democracia.
Quando se sentir desanimada,cansada e mal interpretada,lembre-se dê que vc. não está sozinhha ,que o nosso poderoso Pai do Céu,sempre está protegendo e amparando lutadoras como você.

Um abraço.
Rosângela.

Anônimo disse...

Beatriz, se o blog esta no site do sind ute,nada mais rápido do que postar nele. É através dele que todos os dias me atualizo e passo as novas notícias aos meus colegas.
Gosto das coisas de forma transparente e acredito que quanto mais informações das atividades realizadas pelo Sind Ute na greve mais argumentos sentimos em continuar e trabalhar para intensificar este movimento.
Vamos a luta ! Você Bia é uma grande lider, e o lider tem que ser transparente nas suas colocações e ações !
Que Deus te abençoe e ilumine !
Marisa
Sete Lagoas

Gilson Vieira Soares disse...

Estava lendo posts anteriores com pessoas indignadas com a Lei 100, e vejo claramente que o assunto é um calo nos pés de vários profissionais. O sindute teve 4 anos pra discutir isso e não o fez. Sinceramente Beatriz, desisto. Para mim licenciado em Física recém formado, só resta dar o sangue e ser aprovado no concurso. Essa conversa, de que agora não é hora de dividir a categoria; isso fica pra depois; devemos focar no piso; é pura conversa. Nunca isso foi discutido e não é nesse momento que será. São 96 mil efetivados. Desistam colegas designados. Estudem. O trem da alegria não vai passar denovo.

Ubirajara Biologia disse...

Beatriz,
Muita gente ainda não entendeu...
Sou professor Biologo e professor efetivo e trabalho em Contagem/MG a 8 anos.
Esse vencimento de 369,00 é o valor do vencimento básico (portanto o salário/piso) pago ao professos que possui apenas Ensino Médio, isto mesmo, pasmem, em Minas se o cara tiver apenas 2º grau ele pode dar aulas. Para um professor como eu com formação superior, esse vencimento na carreira antiga era de exatos 550,00 com as ?Vantagens? (não recebo nem biênio, apesar de publicados) o bruto em dezembro de 2010 foi a 974,00 e o líquido com os descontos 810,00 (este é o salário recebido por um professor formado em licenciatura de biologia pela UFMG até dezembro de 2010, para uma carga horária de 24horas). Em janeiro o governo implantou o subsídio e igualou todos os servidores a receberem o subsídio - um valor teto com todas as vantagens incorporadas sem oportunidade de carreira. Eu com 8 anos de estado, uma professora amiga minha com 18 anos e um outro com 2 anos receberiamos igualmente 1320,00 brutos (somente e nada mais), com reajustes mínimos somente quando o governador de minas achasse necessário.
Este ano o governo federal junto ao STF votou a lei do Piso Nacional da Educação onde devemos (por Lei Federal) receber como vencimento básico cerca de 1187,00 para quem possui Ensino Médio e jornada de 40 horas semanais (para as 24horas aplicadas em Minas proporcionalmente o valor seria de 712,20 contra os 369,00 anunciados no início) para o professor com ensino superior o valor do piso para 40 horas 1781,00 e para 24 horas daria 1060,00 (contra os 550,00 que já recebo).
Além do mais estes valores de piso foram estipulados em 2008 e devem sofrer reajustes de 2 em 2 anos, portanto estamos sendo roubados em muito em Minas Gerais, um dos locais mais roubados do Brasil pelos portugueses e agora então pelos tucanos, que querem o dinheiro dos servidores para contruir linhas verdes de transito, cidades administrativas, despoluir a Pampulha pela centésima vez, e construir muitos mineirões.
O governo alega o tempo todo que já paga o piso, será que os milhares de professores em greve são débeis mentais? O subsídio não é piso e sim teto no qual ficamos achatados e sem perspectivas legais de crescimento, não há carreira.
Na carreira antiga DEVO receber meu piso determinado por lei com vencimento básico, mais as vantagens como plano de carreira (as que sobraram porque o Aécio Neves destruiu muitas, como quinquenios por exemplo) e segundo a Lei do piso Nacional trabalhamos mais em sala em Minas do que deveríamos, por o certo seriam 16horas/aulas semanais e na nossa atual carga trabalhamos 18.
Então, estamos de greve porque precisamos, porque o PSDB corroeu nossa dignidade e carreira e ainda acha que toda a população é idiota com a apresentação de propagandas de escolas perfeitas e professores satisfeitos em um mundo de faz-de-conta.

julia disse...

Beatriz e companheiros.
Cheguei agorinha de São João Del Rei. Fizemos uma animada manifestação numa inauguração de uma UPA, o o desgovernador foi para essa inauguração.
Fizemos muito barulho, das 16 horas até às 18 horas, com várias palavras de ordem.
Estavam presentes representantes de Leopoldina, Muriaé, Juiz de Fora, Ponte nova, São João Del Rei e outros que não me recordo pelo cansaço.
Depois saímos em passeata até ao centro, ficando o trânsito um caos.
Surtiu um ótimo efeito.
Éramos minoria, mas todos com muita garra e muita luta.
Depois vou mandar algumas fotos para o blog.
E a luta continua!
Beijos
Professora Julia

Anônimo disse...

A greve está crescendo mais a cada dia. Acredito que muitos que não entraram em greve possa ser pelo fato de estar próximo das férias.Mas se não resolver antes das férias o pagamento do piso, muitos deverão entrar em greve a partir de agosto.
Beatriz, infelizmente após a vitória os que não participaram vão ganhar às custas dos outros. Quero propor para o sindicato viabilizar um tipo de premiação para ser sorteado entre os professoresde escolas que aderiram em 100% ao movimento de greve.

Anônimo disse...

Bia, gostaria q vc postasse no seu blog, para incentivar os que estao com medo de corte do ponto, essa noticia proferida em SC
http://app.tjsc.jus.br/noticias/listanoticia!viewNoticia.action;jsessionid=299B8127A6E8238F0D8F30CDC80F1D15?cdnoticia=23704


JUSTIÇA DETERMINA QUE GOVERNO PAGUE FOLHA DE PROFESSORES SEM DESCONTOS

29/06/2011 16:22

O juiz Hélio do Valle Pereira, lotado na 3ª Vara da Fazenda Pública da comarca da Capital, deferiu parcialmente liminar em ação proposta pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), para determinar ao Estado que proceda ao pagamento dos professores da rede estadual – há mais de um mês em greve –, sem descontos pelos dias paralisados. O magistrado adiantou que sua posição é liminar, ou seja, não é a última no trâmite desta ação, e prefere não adiantar qualquer juízo de valor sobre o caso. O fato, registrou, é que o direito de greve possui previsão constitucional.

“A remuneração do magistério é, para usar de eufemismo, modesta. Há risco à dignidade de tais trabalhadores, que serão postos sob uma coação quase invencível: ou voltam ao serviço, ou ficam privados do mínimo existencial”, anotou o juiz.

Ele espera que sua decisão, antes de ser vista como um estímulo à continuidade da suspensão do trabalho, seja recebida com espíritos desarmados e sirva para que as partes discutam a questão de forma serena. “Enfim, no caso específico, o mais prudente é permitir que as partes continuem suas tratativas, avaliando oportunamente a respeito do resultado dos dias de suspensão do trabalho. Além disso, existe a grande particularidade de ser possível, em relação ao magistério, a reposição das aulas perdidas, o que poderia retirar a necessidade de descontos. E mesmo que se venha a entender que haja a obrigação de glosas nos vencimentos, isso poderá ser feito à frente”, encerrou o magistrado (Autos n. 0231100323044).

Anônimo disse...

Beatriz,
sabe aquela pelinha de calo de sapato que incomoda? Tem gente que é assim. É do contra mesmo, né? Se não tem informação reclama, quando tem a informação reclama também, se faz greve, reclama, se não faz reclama. Não incomoda com isso, não. Pode deixar que eu respondo: "ô do contra", vai segurar uma faixa na frente da casa do governador, balançar uma bandeira no semáforo... Levanta!! Se movimenta!! Faz a sua parte ao invés de ficar sentada escrevendo asneira.
Força Beatriz! Gosto muito da sua atuação. Acho também, que algumas coisas precisam mudar, mas não é hora pra falar disso agora. Temos é que desejar “ FORÇAS” e dar um “BRAVO” às pessoas que, do seu jeito, "no seu quadrado", estão fazendo a sua parte pelo movimento, pela luta, pelo piso, como VOCÊ, o companheiro EULER CONRADO e tantos outros fortes e bravos combatentes que estão nutrindo nossas forças e ânimos rumo à VITÓRIA( estou sentindo ela bem pertinho –rsrsrs), pois Deus está do nosso lado. Força na luta!
Kátia - Ipatinga

isabel disse...

Boa noite Beatriz,criar o blog foi uma ideia excelente, pois nos coloca a par dos acontecimentos em tempo real como também nos aproxima, dá espaço para eclarecimento,questionamento...Uma coisa está me incomodando, na greve de 2010, o sindicado dos pais promoveu uma luta ferrenha contra nossa greve,sera qual o motivo de estarem calados até agora? O governador colocou em prática o projeto "profesor em casa " para os filhos dos filiados deste sindicato?

LEIA: o Jornal do José Elias Issa disse...

Parabéns !!!
Pela iniciativa .

Abraços
Profº Gleiferson Gonçalves

"Somos parte da informação e informação sem comunicação, seja informação entre duas pessoas ou centenas de milhares de pessoas, contribui infimamente as necessidades de compreensão, assimilação, prática, em todos os meios que se fizerem necessários à informação recebida, esta informação sendo visual, sonora, táctil, olfativa, emocional ou quaisquer recursos somativos a estes, tornam-se inadequados se uma das partes que recebe a informação não sinalizar a compreensão e de uma forma ou outra não puder contribuir para os novos envios de informação, culminando com uma comunicação fluente e ativa entre todos. " Alexandre Dias Hansen http://meuartigo.brasilescola.com/informatica/informacoes-tempo-globalizacao.htm

Anônimo disse...

Nossa! Que análise bacana a do Ubirajara Biologia!
Parabéns, companheiro! É uma realidade dura e triste, mas que é importante conhecê-la, ainda mais sob a ótica dos trabalhadores.
Força na luta! Vamos juntos mudar essa realidade e varrermos para bem longe esses políticos tucanos que já provaram não terem a menor competência para administrar nada.

Sandro Abreu disse...

A Professora Beatriz põe a cara prá bater defendendo toda a categoria com firmeza, dedicação, coragem e honradez e aí vem gente (anônima por sinal) reclamar que tem anúncio do Blog dela no site do Sindute!?
Me poupe viu!!! Aonde é que vc queria ver o anúncio do blog? No site do governo?
Parabéns Beatriz e toda a diretoria do Sindute pela brilhante condução!!!
Sandro Abreu

Sandro Abreu disse...

A Professora Beatriz põe a cara prá bater defendendo toda a categoria com firmeza, dedicação, coragem e honradez e aí vem gente (anônima por sinal) reclamar que tem anúncio do Blog dela no site do Sindute!?
Me poupe viu!!! Aonde é que vc queria ver o anúncio do blog? No site do governo?
Parabéns Beatriz e toda a diretoria do Sindute pela brilhante condução!!!
Sandro Abreu

Ao Acaso disse...

Olá Beatriz, sou professora estadual da cidade de Ipatinga, a escola onde trabalho participou de três paralisações, neste mês foi descontando no nosso pagamento um (1) dia, constando como dia de greve, sendo que nós não negociamos ainda a reposição de aulas. Isto está correto?

José Carlos Costa disse...

Bia, sugiro que os comentários sejam postados por ordem de chegada. Os últimos sempre primeiro. Sábado, postei um comentário de apoio, não sei se chegou aí. De qualquer forma, parabéns pela sua garra e competente liderança. A categoria precisa compreender que é agora ou nunca. Ou vitória, com o pagamento do Piso, ou desmoralização da classe. Com que cara voltar para a sala de aula, em caso de derrota?
Abraços,
José Carlos Costa
Pirapora-MG

alessandr0 disse...

A luta continua em todos os cantos de MINAS GERAIS,para frente e com o piso salarial categoria vencedora. professor;ALESSANDRO AUGUSTO RIBEIRO;ITAJUBA MG

Anônimo disse...

ESPERO QUE AMANHÃ NA ASSEMBLÉIA NÃO DESVIEM DO MOTIVO DE NOSSA GREVE QUE É O PISO DE R$ 1587 .CONCURSO EFETVOS ,EFETIVADOS INFELIZMENTE VAI TER QUE FICAR PRA DEPOIS.AFINAL ESSA GREVE É DE TODA CATEGORIA EFETIVOS ,EFETIVADOS E DESIGNADOS OU NÃO?TODOS JUNTOS SOMOS FORTE ,SOMOS ARCOS SOMOS FLECHAS ,TODOS JUNTOS NO MESMO BARCO NÃO HÁ NADA A TEMER.

lucimere rodrigues disse...

BIA VOCE SURPREENDE TODOS COM A SUA CAPACIDADE DE LUTAR COM GARRA . PERCEBO QUE O SINDICATO ESTA COMECANDO A SER DE VERDADE, GRACAS A VOCE. PARABENS.


rodrigueslucimere@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Beatriz,
Parabéns pelo seu trabalho. Tenho certeza de que dessa vez o governo vai nos ouvir. A classe está mobilizada e se for preciso faça uma chamada geral para a parada em agosto. Envie representantes do sindute a diversos lugares onde não há subsedes. Estamos com você...

Anônimo disse...

Professor Ubirajara,
As suas conclusões são muito esclarecedoras. A secretária afirma que já paga o piso através do subsídio, MENTIRA! Mesmo que o PISO seja calculado proporcionalmente à carga horária de 24 horas, ainda assim estaríamos sendo lesados.Não podemos aceitar esse absurdo. É preciso abandonar o subsídio e EXIGIR O PISO. É um direito nosso recebê-lo.

professoramaluquinha disse...

o sindicato tem que lutar também, contra essas vagas divulgadas em edital de concurso. Estou aguardando há 6 anos por remoção, e os dois cargos vagos na escola a qual me candidatei a remoção, foram reservados para concurso. Fui informada dentro da SRE. Isso é imoral. Remoção primeiro, vaga de concurso depois. E tenho dito.