sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Governo sério cumpre o que assina

Confira:

28 comentários:

Anônimo disse...

Vejam o PROJETO DE LEI Nº 2.571/2011, que vai reduzir a jornada de trabalho na cidade administrativa. Daí, os servidores da SEE (Analistas Educacionais – ANE - e Assistentes Técnico Educacionais – ATE) lotados lá terão redução de carga horária diária de 8 horas para 6 horas. Isso não fere a Lei n° 15.293/2004, que dispõe sobre as carreiras da educação? Como pode: os cargos são os mesmos, regidos pela mesma lei, e só alguns terão este privilégio? Além disso, os termos do projeto de lei prevê a redução “atendendo à conveniência do serviço público”. Que conveniência, se o serviço público é para atender ao público? O público é que ficará prejudicado.

Se a alegação, como se tem falado nos corredores, for distância da Cidade Administrativa do centro de Belo Horizonte, então, todos os servidores de outras unidades terão direito de avaliar a distância de suas residências até o local de trabalho, seja na capital ou no interior do estado de Minas Gerais. Estou achando que isso será “abafado” com a distribuição de “Funções Gratificadas”, que hoje já são muitas, para todos os servidores da Cidade Administrativa, para que permaneçam com as 8 horas.
Sugiro a discussão desse projeto no encontro de técnicos, que acontecerá nos dias 19 e 20 de novembro em São João Del Rei, e na comissão Tripartite.

PROJETO DE LEI Nº 2.571/2011
Art. 13 - O art. 8º da Lei nº 18.710, de 7 de janeiro de 2010, passa a vigorar com a seguinte redação:
“Art. 8º - O Poder Executivo, atendendo à conveniência do serviço público, poderá reduzir em até 25% (vinte e cinco por cento), nos termos de regulamento, a jornada de trabalho dos servidores que venham a desempenhar suas funções na Cidade Administrativa Presidente Tancredo de Almeida Neves.”.

Anônimo disse...

Sugestão,

Exporte o PDF para JPG (formato de imagem), e disponibilize-o também no site do Sindicato.

O formato de imagem facilita o compartilhamento em redes sociais.

Anônimo disse...

Beatriz,

Cadê a tal "Boa Fé" que o Governador tanto vomitou na imprensa? E aquela conversa fiada da Secretária de "confiança que será construída" após assinarmos o Termo de (des)Compromisso?

Já passou da hora de aparecerem cartazes, charges e videos mixados no Youtube com esses fatos!

Anônimo disse...

Já ouvi muitos deputados do bloco do governo dizer que Anastasia governa com muita seriedade. Será que ele sabe realmente o que significa a palavra SERIEDADE?

Anônimo disse...

Sugestão,
*ar condicionado ligado ao máximo;
*professores torturados por policiais;
*tropa de choque ameaçando os professores;
*corte de salário e IPSEMG;
Afinal está na hora do sindicato tomar medidas judiciais, na hora de pedir voto eles são uns anjos,fazem tudo, depois que passa, não te conheço...esta é a escola do PSDB, eles que nos aguardem para a próxima eleição, a campanha boa é a de boca em boca, que começa aqui, agora!

Anônimo disse...

Acho que o sindicato está muito passivo. Acione o MP Estadual,Federal seja lá que for mas faça cumpri a Lei do Piso. Chega, Chega, Chega não aguentamos mais!!!!!!!!!!!!!

GPFAA - PEaD Livre disse...

GOVERNO GESTAPO

http://grevedahistoriadaeducacaodminas.blogspot.com/
W

Anônimo disse...

Beatriz, o que de concreto deveremos fazer para boicotar as provas . Aguardamos suas orientações.

Anônimo disse...

Enquanto nao ouver amor, eu nada serei.
O ladrao veio para; matar, roubar e destruir, todos aqueles que por fim entrarem no caminho dele, atrapalhando todos os seus planos indemoniados.
Se vc n se unirem, unir d verdade toda a categora: Professor,filhos,alunos e familiar.
Este governo vai continuar pisando e sapatiando todos os seus direitos.
A vida dele ja esta ganha, o salario dele junto com toda regalia possivel e impossivel, ele tem.
Resumindo a historia,vc professor é uma pedra no caminho.

Anônimo disse...

Beatriz,
Acho que está na hora do sindicato processar este governo por calúnia e difamção. Na rádio inconfidência 100,9 Fm, está de tempos em tempos, desacatando a direção e dizendo que o sind ute está pregando inverdades.Ele está se fazendo de cordeirinho e vítima.
Precisamos reagir.
Boa sorte e que Deus te proteja.

Anônimo disse...

Beatriz,
por que o sindicato não vai a televisão mostrar as verdades que hora o governo ataca com as mentiras?

Professor Salinas-MG disse...

Motivos pelos quais o governo não pretende dar os 22% de diferença entre os níveis de escolaridade:

1- Por causa do subsído, uma vez que quem passou para esse sistema poderá se revoltar.

2- O governo nunca demonstrou uma política de valorização dos professores, só está realizando o pagamento do piso pq foi obrigado pela lei e pelo sindicato que soube cobrar os nossos direitos.

Em minha opnião, quem está no subsídio deveria ter a chance de voltar ao modelo antigo. No entanto, o governo provavelmente irá dificultar ao máximo e o mais provável é que nem abra as portas.

Todos somos testemunhas que o sindicato pediu insistidamente para que ficassemos no modelo antigo, mas alguns colegas preferiram olhar o momento e ficar com um pequeno aumento e aderiram ao subsídio. Certamente, a grande maioria que ficou no subsído por escolha própria não contribui para nossa greve que só fez buscar nossos direitos.

Tanto conseguimos, que somente através da nossa greve o governo considerou valorizar o tempo de serviço através das letras no novo sistema, ou seja conseguimos melhorias para muitos que nem da greve participaram.

Nossa classe deveria ser mais unida, pensar como uma só e defender aos demais, pois um dia podereis precisar dos mesmo.

Dia 16, o governo apresentará uma nova proposta como confirma o jornal o tempo. Como já disse anteriormente, não haverá uma proposta sobre os percentuais exitentes, mas haverá uma proposta melhor que a dos 5% já apresenta.
Aos poucos e com a força do nosso sindicato conseguiremos o máximo possível; estou certo disso.

Aos poucos chegarémos lá.

Abraço a todos e obrigado pelo espaço.

Anônimo disse...

Prezada Beatriz, você assistiu hoje na "grobo", o governo desmoralizando o nosso Sindicato?
Precisamos urgentemente processar esse desgoverno.

Simone disse...

Está se fazendo de vítima, Isto é caso de polícia com defamação via rede de televisão, com calunias absurdas sobre a nossa categoria.

Anônimo disse...

Beatriz,
hoje eu vi a propaganda do governo no horário nobre rebatendo e mais uma vez denegrindo a sua imagem, a do sindicato e a dos professores que fazem greve. Meu marido que é advogado, perguntou se o sindicato não ia entrar na justiça por direito a resposta, já que eles estão mentindo colocando a população contra nosso movimento de novo. Dri que conplicado já que temos uma justiça nas mãos do governo mas não vale a pena tentar. Abraços, Valquiria.

Anônimo disse...

Caríssimas(os) professoras e professores das Minas Gerais, temos a obrigação em não permitir que o PSDB ganhe as eleições em 2012(Prefeituras e vereadores). PSDB na nossa Minas Gerais, nunca mais. Somos milhões de votos:nós, alunos, pais de alunos, tios, tias, parentes, primos de nossos alunos. Vamos trabalhar isso com os nossos alunos e não permitir que o PSDB vença.

Anônimo disse...

BEATRIZ, estou muito tudo...... de indignação.... este governo é um nogento.... falso... todos os adjetivo de mau - caratismo seriam poucos. Esta propagando maldosa e caluniosa a nosso respeito!!! e me diga uma coisa: Lendo o termo de compromisso não vi nem lugar algum, será que estou cega? onde fica claro o comprometimento em viabilizar o piso na carreira? temos que ter o direito de resposta , ao menos , pelas mentiras ditas na mídia!!!Que educação é essa, meu Deus!!!

Anônimo disse...

BEATRIZ, estou muito tudo...... de indignação.... este governo é um nogento.... falso... todos os adjetivo de mau - caratismo seriam poucos. Esta propagando maldosa e caluniosa a nosso respeito!!! e me diga uma coisa: Lendo o termo de compromisso não vi nem lugar algum, será que estou cega? onde fica claro o comprometimento em viabilizar o piso na carreira? temos que ter o direito de resposta , ao menos , pelas mentiras ditas na mídia!!!Que educação é essa, meu Deus!!!Manu - BH

Anônimo disse...

BEATRIZ, estou muito tudo...... de indignação.... este governo é um nogento.... falso... todos os adjetivo de mau - caratismo seriam poucos. Esta propagando maldosa e caluniosa a nosso respeito!!! e me diga uma coisa: Lendo o termo de compromisso não vi nem lugar algum, será que estou cega? onde fica claro o comprometimento em viabilizar o piso na carreira? temos que ter o direito de resposta , ao menos , pelas mentiras ditas na mídia!!!Que educação é essa, meu Deus!!!Manu - BH

Anônimo disse...

BEATRIZ, estou muito tudo...... de indignação.... este governo é um nogento.... falso... todos os adjetivo de mau - caratismo seriam poucos. Esta propagando maldosa e caluniosa a nosso respeito!!! e me diga uma coisa: Lendo o termo de compromisso não vi nem lugar algum, será que estou cega? onde fica claro o comprometimento em viabilizar o piso na carreira? temos que ter o direito de resposta , ao menos , pelas mentiras ditas na mídia!!!Que educação é essa, meu Deus!!!Manu - BH

Valeskinha disse...

Hoje, domingo, estão denegrindo a imagem do sindute na mídia, principalmente nas rádios.Para jogar tão baixo esse governo deve está em pânico já que em nenhum período da história de MG ele se deparou com uma liderança tão determinada e obstinada em defender uma categoria como é o caso da Beatriz. Por isso a necessidade de descer o nível e mostrar a verdadeira face desse governo: fraco, dissimulado, adepto à prática da corrupção e ditador com vestes democráticas,pois sabe que o verdadeiro ato de educar é libertar e não manipular.

Anônimo disse...

Beratriz,
è a luz do Espírito Santo agindo em você.
Que Nossa Senhora Aparecida ilumine-a, junto com sua família e todos que estão nesta luta a favor dos excluídos.
Contra fatos não há argumentos. Este cretino vai ter que nos engolir.
Não seremos confudidos nem envergonhados.
Força,força,força, até a vitória

Beatriz Cerqueira disse...

Prezado colega anônimo,
precisamos ter a memória do que já fizemos. O Ministério Publico Estadual já foi "acionado" pelo sindicato. Isso aconteceu no dia 10/06/11. Além da representação em BH, foram protocoladas mais de 70 representações no interior do Estado, onde as comarcas têm atuação ministerial. Procuramos novamente o Ministério Público (outra Promotoria) em setembro. Esta promotoria sequer se manifestou. Foi o Ministério Público que ajuizou Ação Civil Publica pedindo a declaração de ilegalidade da greve. Ele ajuizou duas ações. A primeira foi arquivada pelo Juíz da Vara da Infância e a segunda foi a decisão do Desembargador Ronei Oliveira.

Anônimo disse...

Será que o governo vai olhar para os ATB, e ASB, pois só a cidade administrativa tem redução de carga horária de trabalho, queremos redução em 25% em nossa carga horária também.

Professora indignada disse...

Acabo de ver a propaganda do Governo na Rede Globo e fiquei indignada.
A Secretaria está alegando que o Sindicato está mentindo. Minha sugestão é que a gente escreva uma carta aberta, com todas as informações sobre as promessas não cumpridas com relação ao salário dos professores e o sindicato inicia uma campanha bem grande, com duas frentes: a primeira, para que os professores mostrem os contracheques para os alunos e explique o que é piso e quanto é o piso. Que mostremos os contracheques que vieram zerados e também os vários contracheques cujo salário não corresponde a escolaridade do professor. E, paralelamente a gente faz um grande protesto usando a Internet para divulgar a carta aberta. Usamos tudo: E-mails, Facebook, BLOGs, Twitter etc.
Não podemos ficar calados. Se todos entrarem nessa a gente pode fazer muito barulho.

Anônimo disse...

Beatriz estamos todos sentindo a mão-de-ferro desse governo. Mas, estamos cientes e conscientes de que tudo isso é devido à nossa capacidade de não termos aceito as coisas como eles queriam. E continuamos não querendo. Sabemos das dificuldades da negociação e sabemos e reconhecemos também o seu empenho na frente do sindutemg. Quem ainda reclama de vocês não terem entrado na justiça( pelo que quer seja) parece que não tem acompanhado tudo o que foi feito esse ano. Ainda não compreenderam que a justiça em MG não tem serventia nenhuma para a população. Continuemos na luta diária de cada dia, pedindo ao Pai Maior muita luz e sabedoria para todos vocês empenhados nas negociações e que possamos em breve novamente respirar com liberdade em minas. Que Deus os abençõe. A nossa luta é justa e por isso resistiremos e nos fortaleceremos ainda mais. Não podemos deixar a ditadura se consolidar em MINAS. A nossa força afastará de uma vez por todas toda a tirania que se instalou no nosso estado e todos lá fora já estão sabendo e monitorando conosco todos esses tristes e vergonhosos acontecimentos. Esse governo está subestimando a inteligência da população que já deu mostrar de não mais acreditar nas propagandas mentirosas apregoadas por ele.Estamos com você.

Anônimo disse...

Caros amigos e colegas de profissão.

Esse governo está mexendo com a maior classe de intelectuais, fazendo medidas represivas para calar a voz dos educadores de Minas Gerais. Já que o governador de Minas quer acabar com a classe dos educadores, chegou o momento de acabarmos com o partido do Anastasia. Nossa classe, é a maior classe de trabalhadores no Brasil. Unidos, podemos apoiar ou derrubar qualquer partido político. O que não podemos é aceitar essas calúnias, colocando os educadores como lobo mal e o governo com a vovozinha.

Diretas Já. Fora Anastasia!!!

Anônimo disse...

será q o governo realmente cumpri o q promete?uma pergunta q não quer calar!