segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Governo sério cumpre o que assina. O Governo de Minas não cumpriu o que assinou!

A proposta anunciada pelo Governador Antônio Anastasia no dia 21/11 é uma clara tentativa de golpe na educação mineira. Além de não pagar o Piso Salarial Profissional Nacional, ele retira direitos dos servidores ao impor uma forma de remuneração que é o subsídio.
Mas a primeira questão que precisamos enfrentar é entender a proposta anunciada. Apresentarei alguns pontos que conseguimos analisar, mas é uma avaliação preliminar porque até a noite desta segunda-feira, o Governo não havia enviado o projeto de lei para a Assembleia Legislativa. Então esta análise é baseada no que foi anunciado.
O que está marcado de azul corresponde ao anunciado pelo Governo.

1)"Remuneração unificada para os professores"

A 'remuneração unificada' significa a tabela de subsídio, já aprovada na Lei Estadual 18.875/10.
A diferença é que o Governo pretende impor esta forma de remuneração a todos os profissionais da educação, independente de opção.

2)“A nova proposta tem diversas melhorias para a remuneração e para a carreira dos profissionais da educação.”

Não há nenhuma proposta de melhoria relacionada a carreira. Ao contrário, na "tabela de transição" ocorreu a diminuição dos percentuais de níveis (de 22% para no mínimo de 5,8%) e graus (de 3% para 2,5%).

3)“Todos os professores e especialistas da educação com licenciatura plena ganharão pelo menos R$1.320,00 ou proporcionalmente 85% a mais do que o Piso nacional.”
O Piso Salarial Profissional Nacional é vencimento básico inicial para professor com nível médio de escolaridade e não para licenciatura plena.
O valor de R$ 1.320,00 corresponde a tabela de subsídio já em vigor.

4)“A nova proposta significa um impacto de R$2,1 bilhões na folha da educação.”
Os números apresentados pelo governo são sempre absolutos, sem demonstrar dados da folha de pagamento. Mas tendo como base estes mesmos dados, o Governo afirmou ao Sindicato que o Piso na carreira teria um impacto de R$3 bilhões. Considerando o valor que ele pretende gastar com esta nova proposta e o valor previsto de complementação que receberá da União (R$1 bilhão), ele teria os recursos necessários para o pagamento do Piso Salarial Profissional Nacional.

5)“Extinção do modelo antigo de remuneração e implantação do modelo unificado de remuneração, válido para todos os profissionais da educação.”

Isso significa a compulsoriedade do subsídio. A partir de janeiro de 2012, os servidores que teriam condições de adquirir direitos como qüinqüênio, biênio, trintenário, etc NÃO poderiam adquiri-los mais. É a retirada de direitos.

6)“Criação de uma tabela de transição com aplicação proporcional do piso nacional no vencimento básico.”

Esta tabela é fictícia. Não haverá pagamento do Piso Salarial. Seria criada apenas para servir de base para a migração compulsória para a tabela do subsídio.

7)Professores e especialistas da educação terão suas vantagens pessoais calculadas com base na tabela de transição e, imediatamente, incorporadas à remuneração única.

Novamente, se reforça a situação de que não haverá pagamento na tabela de transição. É fictícia, servindo apenas para a migração à tabela de subsídio.

8)Todos os servidores serão posicionados na tabela unificada.

O subsídio seria compulsório. Não coexistirão duas formas de remuneração.

9)Estes aumentos serão escalonados em percentuais anuais, até 2015, observada a situação individual de cada servidor.

o discurso abstrato de "escalonar" dá a falsa idéia de que o servidor receberia o que tem direito, embora parcelado. No entanto, o governo não deixa claro o que seria escalonado.

10)O governo não fala de reajuste

Com esta proposta, o Governo pretende não aplicar o reajuste do Piso Salarial previsto na lei federal.
O que foi anunciado nesta segunda-feira pelo Governador Antônio Anastasia não foi apresentado ao sindicato em nenhuma reunião da Comissão Tripartite. Também não foi encaminhado nenhum documento à entidade informando sobre esta proposta.
A situação se tornou mais grave. Não estamos apenas enfrentando uma luta pelo pagamento do Piso Salarial. Com esta proposta, o Governo retira direitos do servidor ao impedí-lo de adquirir novos benefícios a partir de 2012.
Por outro lado, os deputados estaduais são candidatos ou apoios nas disputas eleitorais de 2012 e serão eles que votarão as propostas acima.

38 comentários:

Professor de Salinas MG disse...

Só tenho uma coisa a dizer e a fazer:

Greve
Greve
Greve
Greve

Sem isso não teremos a possibilidade de demonstrar nossa insatisfação e termos um pouco de voz.
Também devemos ver quais deputados irão pactuar com esse novo suicídio da classe e tentar dialogar com os mesmos que o acordo do governo não foi cumprido e que eles não devem aceitar essa proposta.

Estamos em uma situação despereradora. Temos que agir o mais rápido possível.

Anônimo disse...

Este governador está pensando que somos bobos. Impeachment do governador, já!

César Pedroso disse...

Professor da Lua!!!!etezinho do muro!!!
....gente eu continuo insistindo, nem no blog da querida bia...educadores vocês não assinam nem um "peido"--ficam "anônimo", tá na hora gente de mostrar a cara, precisamos de aparecer, começando assinando o nome, resgatar o orgulho de ser EDUCADOR, se a gente não consegue resgatar postando e assinando um comentário num blog da nossa "LIDERANÇA", percebem que está grafada com letras maísculas...enquanto o educador mineiro continuar no anonimato não vai existir movimento da categoria que levará à conquistas...
"educador mineiro vamos descer do muro e derrubá-lo......." porra!!!!

Anônimo disse...

Querida Bia, Bom Dia!

A página de ações do Piso continua desatualizada, e agora com 15 páginas apenas (antes eram 58). Insisto que isto deva ser atualizado, e que as ações devam ser protocoladas o mais rápido possível, principalmente agora com essa nova ameaça do governador, pois conhecendo a nossa justiça mineira, não podemos perder as datas; já perdi um processo que havia ganhado em todas as instãncias, até Brasília, mas que por ter demorado na execução e nos recursos, perdi este processo por causa do tempo, das datas.
Se o governo mudar algo agora, não poderemos requerer depois.
Por isso insisto, quem ainda não entrou, deve-se entrar o mais rápido possível com essas ações do Piso!
Muito obrigada,
Cida.

Gleiferson Crow disse...

NDG DE PLANTÃO

Será se o governo "ditador" ainda não entendeu que o PISO é Lei Federal 11738/08 ou agora teremos que bordar nos céus de Minas para ele e sua corja entender.

Abraço!
Gleiferson Crow
LEIA: Liberta Minas NDG
http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

Rodolfo disse...

Essa proposta acaba com os QUINQUÊNIOS dos mais antigos.....breve vão acabar com a ESTABILIDADE dos efetivos....e não só dos professores, mas das 8 carreiras da educação.....ane, ate, atb, peb, etc.....

Rodolfo disse...

Essa proposta acaba com os QUINQUÊNIOS dos mais antigos.....breve vão acabar com a ESTABILIDADE dos efetivos....e não só dos professores, mas das 8 carreiras da educação.....ane, ate, atb, peb, etc.....

Zélia maria disse...

Bia,
Esse governo é mesmo louco de pedra!Ele não pode obrigar a nada o servidor efetivo que tem seus direitos adquiridos por lei ,porque quando ingressamos no serviço público,o nosso salário era o vencimento básico mais as gratificações.Portanto,se ele persistir nessa loucura,eu penso que está na hora de pedir o impeachment desse louco por IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA,VC NÃO ACHA??

Anônimo disse...

A MOBILIZAÇÃO NÃO DEVE SER APENAS DOS PROFESSORES, MAS TAMBÉM DE TODA A CATEGORIA: Assistente Técnico de Educação; Analista Educacional; Analista Educacional; Especialista em Educação Básica, ASB, ETC.; POIS GERALMENTE QUEM DÁ A CARA A TAPA É O PROFESSOR, PRINCIPALMENTE NA MINHA REGIÃO. AS CATEGORIAS CITADAS A CIMA NUNCA ADEREM A NADA.

Anônimo disse...

A MAIORIA DOS NOSSOS COLEGAS DA ÁREA DA EDUCAÇÃO NUNCA ADEREM À PARADAS OU GREVES. GERALMENTE É O PROFESSORA QUEM ESTÁ NA LINHA DE FRENTE. SERÁ QUE SÓ OS PROFESSORES ESTÃO SENDO PREJUDICADOS COM AS PROPOSTAS DO SR. GOVERNADOR?
PENSEM NISSO, GOLEGAS. É HORA DE NOS UNIRMOS, POIS NOSSA FAMA DE DESUNIÃO FORTALECEM AS OPINIÃOES POSITIVOS PARA AS PROPOSTAS ABSURDAS DO GOVERNADOR.

Anônimo disse...

Não queremos mais blá blá blá,queremos atitude,Viu o que deu a suspensão da greve?

Maurício disse...

Fui "conquistado" através do encontro servidores SRE's (São João del-Rei 19 e 20-11-11). Sou professor, por formação; porém, trabalho na SRE-Januária.
Percebo, cada vez mais, q/ o subsídio é uma estratégia do Governo Anastasia; ora, não quero isso para mim, nem tão para minha mãe - professora aposentada -.
Vamos questionar e lutar por nossos direitos e por aqueles que se esforçaram tanto em prol da nossa educação.
Confio muito...
nessa nova direção do Sind-UTE-MG.

Anônimo disse...

Salário Mínimo R$ 622,73 - Salário de um professor de nível superior é R$ de 1.320 com os descontos chega mais ou menos R$ 900,00; ou seja vc cursa facultade para ganha o equivalente a um servidor sem nível de escolaridade.

O PROFESSOR PRECISA SE UNIR PARA SER VALORIZADO....

Anônimo disse...

Anônimo disse...
Greve e paralisações não adianta com esse governo.
Temos que fazer movimentos do tipo Sem Terra.
Professores em sala e professores na
rua, juntos com alunos pais e outros movimentos sociais.
Sendo assim a Governo não tem como punir com suas armas tais como: substituição, corte de ponto, suspensão de férias prêmios e Etc.
O Sindiute faz a frente com carros de som chamando todos para o movimento. Em todas as bases de Minas Gerais.
Se a idéia não foi boa, temos que encontrar outra, parados não podemos ficar.

Roberto Vieira Cavalcanti disse...

O judiciário é o único caminho para obrigar o governo a cumprir a lei do piso salarial e estranhamente vocês insistem em negociar com esse governo tratante e fazendo o jogo dele. Qualquer mudança no regime de remuneração só poderá feita a partir dos valores calculados na tabela atual de vencimentos com a aplicação do piso salarial. Onde anda o departamento jurídico de vocês?

Anônimo disse...

Gente vamos por o pé no chão e não nas nuvens!!!!!

SIMONE disse...

Ele fez isso porque ficou com vergonha de ver o estado de MINAS como o pior salário, então colocando este subsídio "aparente" ele deixa de pagar o pior salário. Ele é louco, inconsequente e não merece o minímo respeito possível.

Ana Paula disse...

BIA,
O GOVERNADOR PODE MUDAR NOSSO PLANO DE CARREIRA ,QUE ELE MESMO FEZ, PARA DAR CALOTE NOS PROFESSORES? A LEI PERMITE? NÃO ERA PARA FAZER PLANO ATÉ 2009? NÓS JÁ TEMOS UM! ATÉ DAQUI A POUCO NA ASSEMBLEIA!

Ana Paula disse...

BIA,
O GOVERNADOR PODE MUDAR NOSSO PLANO DE CARREIRA ,QUE ELE MESMO FEZ, PARA DAR CALOTE NOS PROFESSORES? A LEI PERMITE? NÃO ERA PARA FAZER PLANO ATÉ 2009? NÓS JÁ TEMOS UM! ATÉ DAQUI A POUCO NA ASSEMBLEIA!

rogersteves disse...

Acho que estamos mexendo com um ditador, e ditador só resolve com como aconteceu no Egito, Líbia e outros... com greve, movimentação popular e quebra pau se for necessário...Então precisamos mobilizar contra este camarada, pq ele acha que tem apoio popular pode fazer o q bem entender com os servidores públicos, onde esperou a greve acabar, a poeira abaixar e agora se quer negocia com a classe... ainda bem que nunca fui a cara deste e seu compassa Aécio Neves, pq caso votasse neste povo estaria bem pior... então galera vamos nos mobilizar para colocar abaixo esta ditadura... abraços a todos os colegas... e força, pq vamos precisar.

Zilda Arriel disse...

Beatriz, será que este governador ainda não entedeu a gravidade desta situação em que se encontra a Educação em Minas?
Já passou muito da hora deste Governo arregaçar as mangas e tomar uma atitude de pessoa séria e responsável com ele deveria ser e pagar o piso para os professores.Ele já estrapolou todos os limites em relação ao desrespeito para com os educadores. Vamos dar um basta nos calotes.Não vamos permitir que nossos direitos sejam confiscados. Queremos justiça...justiça...justiça.

Anônimo disse...

Bia,

Eu acredito que será necessário pressionarmos o Congresso nacional e o próprio MEC para que façam uma intervenção aqui,em Minas,porque esse louco não pode acabar com uma lei federal,pois isso abre precedente para que outros loucos tb façam o mesmo e,sendo assim, a lei do Piso perderá a sua validade em todo país.

Maurício disse...

NÃO HÁ NECESSIDADE DE SER PUBLICADO,
MAS CASO QUEIRA...
Beatriz, estou simplesmente encantado com tudo o que aconteceu em S.J.d.R.
Pode-se afirmar que (todos) tivemos 'tratamento' vip, de primeira.
Ao contrário do nosso governador, vocês sabem valorizar o trabalhador; e isso vai muito além do que já foi provado por vocês em tal encontro.
Quanto a você, competência, carisma, sinceridade, simpatia, garra, entusiasmo e honestidade, além de beleza, ( seria muito pouco para descrevê-la ).
A partir de agora, também faço parte dessa "corrente", dessa bandeira.
Faço questão de assinar.
Att.
Maurício.

aila maria cassemiro ribeiro disse...

Beatriz do céu! O que é issoooooo.Este governo tá maluco , tá ? Continuei no piso salarial e agora este homem , faz isso conosco .














cadê as notícias sobre este desacato que estamos sofrendo, a imprensa prá mostrar o que este governo está tramando contra a gente . Tem que voltar a greve mesmo , sem termino de ano letivo , sem começo do outro . Puxa estou horrorizada .

Anônimo disse...

Não vamos entrar na justiça com mandato de segurança contra esse governo? Não podemos nada e ele pode tudo? Que país é esse? Que estado é esse? Estou estupefata, minha vontade é sair gritando e arrebentando tudo. Quem esse ditadorzinho de meia tijela pensa que é.
Esse é a besta do apocalipse. Em suas veias não correm sangue e sim veneno da serpente mais peçonhenta que existe. Povo mineiro acordem! Hoje é conosco, amanhã será com outras categorias. Precisamos fazê-lo parar já!

Maria Helena - Ipatinga

Ilza Maria disse...

O que faremos agora???
E as ações que estão no Ministério Público, nada ainda???
Temos que agir mais como e onde recorrer????
Greve??? E os deputados????
Pessoal me esclareçam o que faremos???
Profª Ilza Maria
de Uberlândia= MG.

Anônimo disse...

É tudo enrolação do governo para ganhar tempo e montar estratégias junto a assembléia legislativa para impor um novo modelo de remuneração (subsídio), o sindicato tem que divulgar mail do deputados para podermos enviar mensagens para os mesmos, montrando a nossa insatisfação, e temos de mobilizar para derrubar a imagem dos deputados das nossas regiões... Tem que fechar todas as escolar mesmo...

Regina disse...

É uma falta de respeito total para com o professor que já sofre e bastante dentro de uma sala de aula. O governo e seuis aliados deveriam ir para dentro de uma sala., aí sim,veriam que nosso salário épequeno demais frente a
tanto problema enfretado diariamente pelos profissionais da educacão.

Regina disse...

É uma falta de respeito total para com o professor que já sofre e bastante dentro de uma sala de aula. O governo e seuis aliados deveriam ir para dentro de uma sala., aí sim,veriam que nosso salário épequeno demais frente a
tanto problema enfretado diariamente pelos profissionais da educacão.

Anônimo disse...

Queremos mail dos deputados safados, para pressionarmos através de mails os deputados da nossa região... mobilizar alunos, pais comunidade, enfim toda a região da real situação e pedir ao povo que mande mail para esses safados vê se olho para nós. Os professores não tem mais entusiasmo de trabalhar, a educação virou um faz de conta, professor faz de conta que leciona e alunos faz de conta que aprende, pois o governo preocupa-se apenas com números para receber financiamentos....

Prof Antonio Jeronimo disse...

Beatriz,

Enviei, hoje de manhã, o texo abaixo, a alguns deputados estaduais, a Cristóvam Buarque e ao Padre João.

"Senhores,

Se vivemos num Estado de Direito Democrático, fica complicado aceitar o que vem ocorrendo em Minas Gerais, com relação aos salários dos professores estaduais. Será que necessitará procurar recursos em organismos internacionais do trabalho?

Se o governador deixou-nos duas opcões de pagamento e respeitou aqueles que preferiram o subsídio, por que não quer respeitar os 153 mil optantes pelo piso nacional na carreira, ou seja, como em dezembro de 2010?

Por que mudar a tabela antiga, alterando os percentuais de promoção de 22% para 10% e o de progressão de 3% para 2,5%? Isso é, sem dúvida, além de rasgar a lei de carreiras de 2004, feita pelo próprio governo, é, ainda, tirar-nos todo o direito conquistado ao longo da nossa carreira.

Governo sério, cumpre o que foi dito em setembro, e assinado pelo Danilo de Castro, na comissão formada em setembro de 2011, interrompendo uma greve de 112 dias.

Nossa luta sempre foi pelo piso na carreira - tabela de 2004 elaborada pelo próprio governo.

Não ao subsídio!

Que o senhor governador respeite os 153 mil operários da educação, sérios e cumpridores de seus deveres.!

Existem os que preferiram o subsídio; existem os que não tiveram nenhuma opção e existem os que preferiram ficar com o sistema de pagamento antigo de dezembro de 2010. (153 mil). Senhor governador, respeite-os como respeitou os demais que preferiram o subsídio.

E, se o subsídio é ainda a melhor forma de pagamento para o servidor mineiro da educação, a mais vantajosa, dito pelas secretárias Vilhena e Gazolla, deixe que os 153 mil fiquem na desvantagem da forma de pagamento de dezembro de 2010, permitida pelo próprio governo!

Se o Estado está com problema de caixa não é por nossa causa. Isso se deve à incompetência na gerência da coisa pública, uma vez que desde 2008 a União vinha alertando todos os estados no cumprimento da lei federal 11738/2008. O governador não respeitou a União. Não previniu os Recursos necessário para o momento atual.

Respeite-nos, senhor governador, respeite-nos! Cumpra o que foi firmado na comissão!

Professor Estadual Antonio Jerônimo Neto – BH em 22/11/2011.

Anônimo disse...

O governo e o sindicato só falam em professores e as outras carreiras, como ficam nesta briga??

Sam Joam d'el rey disse...

Estamos cansados do descaso do Governo de Minas com a Educação,com os estudantes e com os professores; cansados de negociações não cumpridas. Acreditamos que as/os professores merecem melhores condições de trabalho. Estamos cansados de manipulações e propaganda divulgadas na mídia para atacar e agredir um sindicato uma clase se organiza para reivindiar seus direitos, grandes mineradoras superfaturando e financiando campanhas políticas, privatização dos serviços públicos e destruição dos direitos sociais.

Sam Joam d'el rey disse...

Estamos cansados do descaso do Governo de Minas com a Educação,com os estudantes e com os professores; cansados de negociações não cumpridas. Acreditamos que as/os professores merecem melhores condições de trabalho. Estamos cansados de manipulações e propaganda divulgadas na mídia para atacar e agredir um sindicato uma clase se organiza para reivindiar seus direitos, grandes mineradoras superfaturando e financiando campanhas políticas, privatização dos serviços públicos e destruição dos direitos sociais.

Sam Joam d'el rey disse...

Estamos cansados do descaso do Governo de Minas com a Educação,com os estudantes e com os professores; cansados de negociações não cumpridas. Acreditamos que as/os professores merecem melhores condições de trabalho. Estamos cansados de manipulações e propaganda divulgadas na mídia para atacar e agredir um sindicato uma clase se organiza para reivindiar seus direitos, grandes mineradoras superfaturando e financiando campanhas políticas, privatização dos serviços públicos e destruição dos direitos sociais.

Anônimo disse...

De Guaxupé, genoflexo, envergonhado e indignado...
PEÇO PERDÃO. Perdão por estar trabalhando numa cidade e região onde a indiferença entre os educadores (ou, professores conteudistas), quase impera absoluta.
Perdão companheiros de LUTA, que não se dobram ante as manobras e crueldade desse (des)governador que o povo ingenuamente elegeu acreditando na falácia de um tal "choque de gestão". Agora, estamos tendo é uma verdadeira indigestão que faz o coração de qualquer pessoa de bem ENOJAR-SE diante de tanta opressão e desrespeito para com uma classe que merece ser tratada com dignidade à altura de seu valor como "formadores de cidadãos". Porém, é aqui que me envergonho com profunda tristeza e parafraseando o pastor batista Martin Luther King, o que me assusta não é o grito dos maus (os tiranos e déspotas que estão no governo), mas o silêncio dos bons. Fico perplexo diante do silêncio alienante de uma grande quantidade de "educadores", juízes, promotores, deputados, líderes religiosos, imprensa, mídia, universidades, associação de pais, enfim, todos os formadores de opinião que deveriam se indignar diante da ameaça de massacre que impiedosamente esse (des)governador quer impor sobre a classe dos educadores (e, consequentemente, sobre a educação), se curvam submissos à tirania daquele que se sente "Senhor" absoluto do governo, o Anastasia e seus "comparsas". Para eles dedico alguns versículos da Bíblia Sagrada: "Ai daquele que edifica a sua casa com injustiça, e os seus aposentos sem direito, que se serve do serviço do seu próximo sem remunerá-lo, e não lhe dá o salário do seu trabalho". Jeremias 22:13
"Se há iniqüidade na tua mão, lança-a para longe de ti e não deixes habitar a injustiça nas tuas tendas".Jó 11:14. Fico me perguntando: Será que o deputado João Leite, Batista como eu, vai corroborar com seu voto a iniquidade do Anastasia?
"Eis que clamo: Violência! Porém não sou ouvido. Grito: Socorro! Porém não há justiça".
Jó 19:7. Onde estão o MP, a Justiça, o STJ, STF?
"O que semear a perversidade segará males; e com a vara da sua própria indignação será extinto".Provérbios 22:8. Prestem atenção nisso, senhores donos do poder!!!
Será que os que se calam não percebem que estão fortalecendo a tirania?
Quero, em meu desalento de educador e, como pastor Batista, proclamador do Evangelho de Salvação, Verdade, Justiça e Ética, me agarrar à Esperança, pois a "esperança é a âncora da alma". Esperança de Justiça e de Verdade!
Aos desalentados como eu, não apenas a oração e a lamentação, mas, Reação! Vamos sair da letargia e REAGIR!
FORA TIRANIA! FORA ANASTASIA!
Eliseu Lucas, sem valor, porém com orgulho, homem da História, de gente humana, educador!

carlos disse...

Querida Beatriz : Só Deus para ter Piedade de nós . Só Deus ! Que loucura colegas , mata-se um Kadaffi aparece um pan-demônio em Minas.Isso é o fim da democracia e da liberdade.
Contra atitudes ditatoriais há poucas saídas, chegamos ao extremo , do extremo do desrespeito. NÃO CONFIEM NO ANASTAZISTA. ELE ARROTA SÓ ESTRATÉGIAS DO CÃO . JAMAIS CONFIEM NELE. BIA SÓ CONFIE NO QUE O ministério Público assinar.
Beatriz e colegas EDUCADORES , O CARA É PERIGOSO , ele é Cínico é o rei dos fingidos : DE boa fé : tá mais que provado que não existe qualquer "vontade Política" e nem financeira , para com a categoria.
Beatriz , é preciso "Armar" na Justiça e pra ele ser "Obrigado" a pagar o justo.
Acredite , mesmo sendo " Obrigado" ele ainda vai parcelar em ( um REAL ) por ano , qualquer piso ou reajuste . BIA o A Nós da AZía é o cão chupando manga na estratégia e na mentira , e na enganação , ele é ditador e detesta professor, ainda conta com a influência de desembargadores e setores do Ministério Público , mais a maioria na Câmara Legislativa.
Não precisa esperar , na boa, ele não vai reconhecer piso salarial , ao contrario ele quer impor o fim dos direitos da antiga carreira.
Não há EMAIL que convença corja e fidelidade partidária. A maioria na Camara é pau mandado dele , sempre foi. BIA E COMANDO : ANTECIPE o CARA NA JUSTIÇA , notifique a sociedade antecipadamente . Notifique os profissionais , de maneira bem simples nos Jornais baratos, matéria com espaço pago.
Bia nós precisamos de chek-mate . OU uns 10 milagres . Sendo os dois maoires : Inpeachement do Anastazista (Improbidade), o milagre de conseguir 90%de paralisação da categoria , com um novo tipo de greve inteligente , greve tartaruga , trabalha ,até hora do recreio e para, trabalha segunda, quarta e sexta e para na terça e quinta. O Objetivo é dar sinais somatórios de greve com atitudes crescentes de paralisação.
Bia só existe Lei orçamentária e impacto em folha quando o assunto é
salário do professor .Sou efetivo ( Concursado em dois cargos há quase 25 anos ) , estou prestes a aposentar e minha profissão até hoje não tem PISO e NEM CARREIRA , sou pós -graduado com Licenciatura Plena e estou no PEBIV ( B) até hoje . Sigla b ou C ou D deveria ser pra quem tá começando carreira.
VEJA a má fé do supeEstrategista :
Não conversa com categoria em greve, para a greve ele não cumpre o que Danilo assina . Divulga que MInas já paga mais que o Piso Nacional Mentira ( Folha de São Paulo e O TEMPO desmente), agora espera Férias e natal , momento em que professor tá cansado ou de férias para se aproveitar da não mobilização .Bia , só chek-mate JUDICIAL de surpresa , ou Paralisação Geral (antes de votarem as leis ), ou impeachement do cara.
Não dá para negociar com quem é sórdido , quem finge ,quem nega quem é contra a justiça e a liberdade . Sò Deus , Só Deus .....

carlos disse...

Querida Beatriz : Só Deus para ter Piedade de nós . Só Deus ! Que loucura colegas , mata-se um Kadaffi aparece um pan-demônio em Minas.Isso é o fim da democracia e da liberdade.
Contra atitudes ditatoriais há poucas saídas, chegamos ao extremo , do extremo do desrespeito. NÃO CONFIEM NO ANASTAZISTA. ELE ARROTA SÓ ESTRATÉGIAS DO CÃO . JAMAIS CONFIEM NELE. BIA SÓ CONFIE NO QUE O ministério Público assinar.
Beatriz e colegas EDUCADORES , O CARA É PERIGOSO , ele é Cínico é o rei dos fingidos : DE boa fé : tá mais que provado que não existe qualquer "vontade Política" e nem financeira , para com a categoria.
Beatriz , é preciso "Armar" na Justiça e pra ele ser "Obrigado" a pagar o justo.
Acredite , mesmo sendo " Obrigado" ele ainda vai parcelar em ( um REAL ) por ano , qualquer piso ou reajuste . BIA o A Nós da AZía é o cão chupando manga na estratégia e na mentira , e na enganação , ele é ditador e detesta professor, ainda conta com a influência de desembargadores e setores do Ministério Público , mais a maioria na Câmara Legislativa.
Não precisa esperar , na boa, ele não vai reconhecer piso salarial , ao contrario ele quer impor o fim dos direitos da antiga carreira.
Não há EMAIL que convença corja e fidelidade partidária. A maioria na Camara é pau mandado dele , sempre foi. BIA E COMANDO : ANTECIPE o CARA NA JUSTIÇA , notifique a sociedade antecipadamente . Notifique os profissionais , de maneira bem simples nos Jornais baratos, matéria com espaço pago.
Bia nós precisamos de chek-mate . OU uns 10 milagres . Sendo os dois maoires : Inpeachement do Anastazista (Improbidade), o milagre de conseguir 90%de paralisação da categoria , com um novo tipo de greve inteligente , greve tartaruga , trabalha ,até hora do recreio e para, trabalha segunda, quarta e sexta e para na terça e quinta. O Objetivo é dar sinais somatórios de greve com atitudes crescentes de paralisação.
Bia só existe Lei orçamentária e impacto em folha quando o assunto é
salário do professor .Sou efetivo ( Concursado em dois cargos há quase 25 anos ) , estou prestes a aposentar e minha profissão até hoje não tem PISO e NEM CARREIRA , sou pós -graduado com Licenciatura Plena e estou no PEBIV ( B) até hoje . Sigla b ou C ou D deveria ser pra quem tá começando carreira.
VEJA a má fé do supeEstrategista :
Não conversa com categoria em greve, para a greve ele não cumpre o que Danilo assina . Divulga que MInas já paga mais que o Piso Nacional Mentira ( Folha de São Paulo e O TEMPO desmente), agora espera Férias e natal , momento em que professor tá cansado ou de férias para se aproveitar da não mobilização .Bia , só chek-mate JUDICIAL de surpresa , ou Paralisação Geral (antes de votarem as leis ), ou impeachement do cara.
Não dá para negociar com quem é sórdido , quem finge ,quem nega quem é contra a justiça e a liberdade . Sò Deus , Só Deus .....