segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Nova reunião da Comissão Tripartite

Será realizada hoje, nova reunião da Comissão Tripartite, 15 horas, Cidade Administrativa.
As informações da última reunião, além de postadas aqui, foram enviadas a todas as subsedes, direção estadual, conselheiros e comandos locais de greve. Também está no nosso site, inclusive a orientação sobre reposição.
O governo tem tentado se antecipar ao debate do sindicato através das postagens que faço no blog. Por isso, farei nova postagem apenas após a reunião de hoje. Os objetivos do sindicato nesta comissão estão muito claros porque foram construídos a partir da nossa pauta de reivindicações, 112 dias de greve, os motivos da sua suspensão e pela reunião do Comando Estadual de Greve, que contou com representantes de todas as regiões do Estado, realizada no dia 08/10.

36 comentários:

reginalva oliveira lopes disse...

por favor beatriz a questão dos designados ainda não foi resolvida as escolas não contratam quem participou do movimento hoje mesmo fui imperdida de ser contradada por esse motivo o estado não teria tirado a punição?

Anônimo disse...

Beatriz,

Lutamos juntos e estamos com você, estamos todos esperando algo positivo - A turma pede para não deixar mais o governo adiar as propostas para mais uma semana, esta claro o objetivo de esfriar a greve, desanimar os companheiros. Não devemos mais aceitar outra vez nova reunião para os pontos já debatidos e amplamente divulgado, é sim ou não.
Linder - Manhuaçu

Andrea disse...

Alguem poderia me dar noticias do nosso "décimo quarto"?

Anônimo disse...

Temos q entrar com um pedido de liminar ou mandado de segurança, exigindo o cumprimento da Lei imediatamente. E que se cumpra a lei de responsabilidade fiscal através dos ajustes cabíveis na folha de pagamento não impedindo que o direito garantido por lei deixe de ser cumprido. O problema é que o PSPN está tirando dos governantes a margem de lucro com o dinheiro da educação.

Anônimo disse...

Boa sorte Beatriz!
Parabéns pelo dia da Professora e por ser a PROFESSORA que é.
Abraços,
Maria Inês.

Anônimo disse...

Boa sorte Beatriz.Que Deus te ilumine neste momento tão crucial para nossa categoria.Rosane-OP

Anônimo disse...

A comissão é legítima para representar a categoria e os trabalhadores(as) em educação estão confiantes e seguros quanto a competência,responsabilidade e ética dos membros do sindicato que nos representam e dos deputados que apoiam o funcionalismo e que estão acompanhando o processo.
Em nome da e sabedoria, não podemos fornecer argumentos para a equipe do governo e suas "bruxas" de plantão,por isso muita cautela ao postar comentários no blog,que podem prejudicar as negociações.E aos colegaspeço que tenham mais paciência porque a nossa luta não terminou,esse governo espalhou os seus tentáculos nas SRE'S e quer podar as raízes do sindicato até aniquilar as suas forças.Não vamos desistir da luta,pois somos fortes!

Rosângela-Campos gerais disse...

Estamos ou não em "estado de greve"????Conforme o resultado de hoje voltaremos a greve ???Gostaria de saber a posição do sindicato...

Anônimo disse...

E o 14º salarios, ou seja, o premio de produtividade, quando será pago? afinal é referente ao ano de 2010

Anônimo disse...

como sempre Alice enrolando...
1
2
3

MARIA AUGUSTA belo horizonte

Anônimo disse...

como sempre a enrolada costurando os grevistas JESUS dê a luz na cabeça da Alice
Cristina história bh

Anônimo disse...

Pelo amor de Deus, Beatriz estou super preocupada. Será que se o governo der aumento eu receberei. Sou aposentada desde 1994. Pedi para voltar ao regime antigo. Só tenho o segundo grau Normal,mas tenho dobra de turno. aposentei aos 25 anos de serviço. será que terei aumento e de quanto será . jane Procopio. Moro em Congonhas mg

Anônimo disse...

Pelo amor de Deus, Beatriz estou super preocupada. Será que se o governo der aumento eu receberei. Sou aposentada desde 1994. Pedi para voltar ao regime antigo. Só tenho o segundo grau Normal,mas tenho dobra de turno. aposentei aos 25 anos de serviço. será que terei aumento e de quanto será . jane Procopio. Moro em Congonhas mg

Anônimo disse...

Aposto que acabou em pizza, Beatriz, como tudo nesse pais! (Ih, rimou!). Por que será que o jurídico do Sind Ute não toma as providências necessárias e chuta o balde? Está certo: o governador tem a máquina administrativa a seu favor, mas e a lei, onde fica, meu Deus do céu?!? Eu, que sou otimista, já estou de saco cheio (de nada - rs).
Nós queremos uma notícia boa. Quero ver nascer a flor nesse impossível chão, mas se "nascer" um dinheirinho, não faz mal.
Boa noite, Bia.

Anônimo disse...

Oi, Beatriz!
A posse dos diretores eleitos em junho está sendo discutida nas reuniões? Peço que interceda a nosso favor, pois as escolas onde houve mudança de diretor, estão um caos! Já existe data de posse? Por favor, nos dê notícias a esse respeito! Abraços...

Anônimo disse...

está faltando neste blog o link para o site do Sind-UTE

Pedro Luiz - BH

Maria Eugenia disse...

Pois é, li na imprensa somente a respeito da questão da antecipação do décimo terceiro, mas naõ falaram nada a respeito do piso. Estamos curiosos e anciosos por notícias.

Anônimo disse...

Beatriz,
Apesar deste ter sido um forte canal de divulgação com a nossa classe,
concordo com você quanto à prudência ao divulgar notícias no blog.
Estou rezando e torcendo para um resultado das negociações com este monstro insensível que infelizmente nos governa.
Com a graça de Deus, no seu tempo, esperamos uma resposta.
Nossa senhora passe na frente.

Anônimo disse...

Estamos esperando o resultado da reunião desde as 18horas. Já são quase 23horas e nada postado até agora. A categoria merece mais respeito.
Maria Helena - Ipatinga

Anônimo disse...

Beatriz e demais colegas do Sindicato MG,

Sei que tem trabalhado intensamente nessas negociações com os integrantes da comissão para solucionar esse impasse do pagamento do PISO da categoria. Entretanto, nos é angustiante a expectativa por notícias atualizadas das reuniões.Ficamos 112 dias em greve, acreditamos nos nossos objetivos e fomos à batalha com garra e perseverança para alcançá-los, apesar de tantos e grandes obstáculos no percurso. Gostaria de pedir-lhes que nos deixem a par dos acontecimentos com mais agilidade, por favor!!! É muito importante essa comunicação, pois do contrário, as informações nos chegam vazias e deturpadas, tornam-se especulações. Durante a greve, solicitamos a cobertura da imprensa para divulgar nosso movimento a cada ato realizado, e agora, ironicamente, estamos solicitando a vocês justamente a "Comunicação" dos fatos que são de fundamental relevância para os educadores desgastados e humilhados pela indiferença, vaidade, irresponsabilidade, desonestidade e desumanidade de toda a corja governamental. Sabemos da sua habilidade de argumentação e reconhecemos todo o empenho do Sindicato para resolver o cumprimento da Lei do Piso Salarial, tão custoso para a categoria. Esperamos que faça o seu melhor, como tem feito até agora. O sofrimento é grande! Temos colegas com dificuldades financeiras GRAVES,e não temos retorno oficial do Sind-Ute MG para clarear a situação. As escolas estão um caos, nos submetendo a situações aviltantes. E nós,defendendo e aguardando as orientações do sindicato. As inspetoras nada sabem nos informar, a cada momento inventam algo. Olha, Está complicadíssimo esse retorno, embora soubesse que isso ocorreria, mas não com essa grandeza. Desde já, agradeço sua compreensão e empenho para nos retornar...E a luta continua! Abraço! Gisele - GV.

Anônimo disse...

você no faz de besta cara ALICE!

Marcus professor e advogado!Uberaba

Beatriz Cerqueira disse...

Prezados colegas,
que pena e desnecessária esta piadinha de "Alice".
Como o blog permite postagens anômimas pode ser tanta gente. O Secretário que participou da reunião e ainda não engoliu tudo o que teve que escutar do sindicato, algum descontente que achava que a greve tinha que acabar com a derrota da categoria, ou mesmo algum colega que acha mais fácil culpar o sindicato. Vai saber, mas está postada a piadinha de "Alice".

Beatriz Cerqueira disse...

Prezada Andrea,
a questão do prêmio por produtividade está na postagem da reunião desta segunda-feira, dia 17/10.
Atenciosamente,
Beatriz

Beatriz Cerqueira disse...

Prezado Linder,
concordo com você. Acredito que os pontos discutidos nesta reunião estarão definidos até quarta-feira. Teve muito vai-e-volta do governo.
Atenciosamente,
Beatriz

Anônimo disse...

Que absurdo, falta de respeito com a categoria, enquanto agora beatriz dorme , aqui espero horas e só o GRANDE EULER ESTÁ FIRME COM A GENTE! Jamais me desfiliarei, mas merecemos respeito do sindicato, solta a bomba logo ai Beatriz(acorda Alice)
e coloca bomba nisso!!
Rogerio professor de matemática

Beatriz Cerqueira disse...

Prezado colega,
a questão da posse dos diretores está prevista para dezembro deste ano.
Atenciosamente,
Beatriz

Beatriz Cerqueira disse...

Obrigada Rogério,
agora entendi de onde está saindo a piadinha de "Alice". Sugiro que leia melhor as postagens do blog, porque o sua vontade de agredir e ofender te impediu de verificar que a postagem sobre a reunião já foi feita, assim como já fiz outras duas postagens.
Sabia que a postura divisionista e de ofensas voltaria após a greve. Faça fila, porque antes de você o governo está a postos para realizar depreciações.

Anônimo disse...

Gracieusa Brito

Como será dia 20 ? O sindicato deve disponibizar onibus para a assembléia da recepção à Ivete Sangalo. Os rincões de Minas devem comparecer...
Saudades de todos e todas da greve. mas não nos decepcione ALICE!LUTA É LUTA! GUERRA É GUERRA!ANASTASIA E SUA CORJA DEPENDE DE MINAS, DE NÓS!O DINHEIRO BILIONARIO DELE E DA CORJA SAI DO POVO DESTA GRANDE MINAS GERAIS!

Beatriz Cerqueira disse...

Prezada Gracieusa,
a atividade do dia 20 será encaminhada conforme o Comando de Greve definiu. Todos sabemos que temos compromisso nesta data. Quanto mais elemento surpresa, melhor.
Também tá participando da piadinha da "Alice"? Que pena. Sinceramente pensei que havia sido construída uma relação de respeito durante toda esta greve entre tantos que ajudaram a contruí-la e mantê-la. Cheguei a pensar que essa coisa de "Alice" era provocação do governo. Já percebi que não é.
Abraço
Beatriz

Beatriz Cerqueira disse...

Prezada Jane,
ao fazer a opção pela remuneração de vencimento básico, que o Piso Salarial, o reajuste é anual estabelecido nacionamente. A projeção para 2012 é de 16%. Tudo o que você adquiriu na vida funcional como a dobra de turno será calculada a partir do Piso Salarial.Pela data da sua aposentadoria você tem paridade com os servidores da ativa, o que significa, de acordo com a lei federal 11.738/08 que todo o reajuste que o servidor da ativa tiver, você também terá.
Espero ter esclarecido.
Atenciosamente
Beatriz

Beatriz Cerqueira disse...

Prezad Gisele,
concordo com a sua avaliação e também sinto grande angústia pelos momentos atuais. Por isso temos insistido tanto para que consigamos minimamente resolver as questões funcionais.

Anônimo disse...

Chega de farsa! A verdade é sempre a via mais próxima do real.
acho uma falta de senso imaginar que professores em plena degola tenham condição de comemorar ou contribuir em qualquer discussão para melhorar ou aperfeiçoar a farsa que esta data representa e sempre representou em nossas vidas. Como tantos outros jargões que comemoram a mentira/eternas falácias - a repetição de sucessivos equívocos do Brasil, que vive do famoso faz de conta
Que dia professor foi valorizado no Brasil? sempre fomos vítimas, enredados nas sujeiras da política que prioriza seus próprios riscos e privilégios e condena milhões de trabalhadores a esta condição sub-humana, muito próxima e esta que ora vivenciamos- piorada nestes dias onde paira no ar tempos bestiais, marcados pelo terror, ditadura e falta de respeito deste governo de Minas, representado pelo PSDB para com os trabalhadores no seu conjunto, incluindo nesta lista professores, pais e alunos dos Estado de MG, e todas as categorias profissionais que não fazem parte do grupo de privilegiados de MG há 300 anos E pior, a corja continua impune, acima das leis.
Li cedo escritas por letras de deputados que conseguem ser mais agéis que o sindicato para postar. Não sabemos ainda o que virá- mas o que vier,com certeza é fruto da tenacidade daqueles que não se entregaram e que inclusive estão dispostos a voltar à luta se preciso for para arrancar aquilo que ninguém pode nos tomar: O Piso Salarial a hora é de ação, não lero lero!Gracieusa Brito REflita!!!

Beatriz Cerqueira disse...

Prezada Maria Helena,
já foi postado o relato da reunião de hoje. Nenhuma intenção de provocar desrespeito.
Atenciosamente,
Beatriz

Donizette Nascimento disse...

O momento agora é de propormos por meio da comissão do sindicato uma negociação que possa garantir a conquista do piso, de mais qualidade do trabalho por nós realizado, pela unidade da categoria, capacitação de todos os quadros da educação.
É triste ver companheiros, virem aqui denegrir o trabalho vitorioso de nosso movimento (do qual eles fizeram parte), a comissão de negociação está de parabens por está de modo coerente debatendo de forma clara e sem subterfúgios com o governo e os deputados os pontos principais de nossas reinvindicações. Quero acreditar que chegaremos a um bom termo, até porque insistir em não reconhecer uma categoria (dos profesores) como uma das mais importantes dos quadros do estado é demostração de miopia, coisa que quero crer, nem o estado, nem os deputados o sejá.

Gilson Vieira Soares disse...

A Beatriz já manifestou a sua insatisfação quanto as piadas. Respeito é bom!

Fernanda Lopes F. de Souza disse...

E a novela do piso salarial continua, sempre acompanhei de perto, enquanto estudante, várias greves, porque estudei só em escolas públicas, mas hoje entendo o que realmente acontece com os professores. O piso salarial deveria ser um “acréscimo” nos contra-cheques e não estar incluso no salário de direito. Quando fiquei sabendo que pessoas do sindicado estavam sendo vigiadas não acreditei, professores não são bandidos para serem monitorados 24hs , para mim o Estado que deveria passar por monitoramento pois barbaridades estão acontecendo lá dentro.