quarta-feira, 18 de julho de 2012

Sind-UTE participa de nova reunião com SEE e SEPLAG

Nesta segunda-feira, dia 16/07, o Sind -UTE MG participou de nova reunião com as Secretarias de Estado de Educação e de Planejamento e Gestão. Acompanhe o que foi discutido: - Férias-prêmio Corte de 2004: o sindicato questionou o corte temporal de 29/02/2004 para o servidor gozar as ferias a que tem direito. De acordo com a Resolução o saldo de férias-prêmio anterior a esta data só pode ser convertido em espécie e no ato da sua aposentadoria. O sindicato já havia questionado esta regra porque se o servidor adquiriu o direito, não justifica limitá-lo. Esta situação prejudica os servidores com mais tempo de estado. Após a discussão, o governo se comprometeu em rediscutir esta questão. Efetivados: os servidores efetivados terão direito a férias-prêmio após completarem 5 anos da data em que foram efetivados, o que vai ocorrer em novembro deste ano. Neste caso poderão protocolar o pedido na próxima abertura de prazo. Base de cálculo: o sindicato também reivindicou que a base para o cálculo do percentual de 10% seja alterada. Pela resolução, a base é constituída pelo total de servidores que tem direito a férias. Reivindicamos a manutenção da base da resolução anterior que era do total de servidores da escola. Após a discussão, o governo se comprometeu em rediscutir esta questão.  Férias-prêmio para quem está próximo da aposentadoria: a Resolução não deixou claro o que significa estar próximo da aposentadoria para que o servidor tenha imediatamente o direito a usufruir ferias-prêmio. Isto será esclarecido através de uma Instrução. A conta que o servidor deve fazer é a seguinte:  Subtraia da data em que cumpra os requisitos para aposentadoria o saldo de férias-prêmio que irá gozar. O resultado é a data que o servidor irá se afastar para o inicio de suas ferias-prêmio. - Violência no ambiente escolar A Secretaria de Educação fez uma apresentação de um "Plano de Enfrentamento das condições geradoras de violência em ambiente escolar." No entanto, a proposta não apresenta nenhuma ação para que o Poder Público ampare o profissional da educação que tenha sido vitima de violência em ambiente escolar. Outra questão questionada pelo sindicato foi a falta de orientações a respeito do monitoramento eletrônico que foi instalado em varias escolas. O sindicato recebeu diversas queixas de profissionais da educação de que as câmeras foram instaladas de maneira a vigiar o profissional durante suas atividades na escola. A Secretaria afirmou que elaborará  propostas sobre estas duas questões e apresentará ao sindicato. - Regulamentação de 1/3 da jornada de hora-atividade O governo apresentou uma proposta de projeto de lei para regulamentação de 1/3 da jornada do professor para hora-atividade.  O sindicato fará a discussão com a categoria e encaminhará o que for discutido ao governo. - Próxima reunião: 07/08 O que será discutido: salário e carreira, de acordo com a pauta de reivindicações já protocolada pelo sindicato.

12 comentários:

Marcia disse...

Beatriz, sempre achei você uma ótima representante da nossa categoria, mas no momento tenho que concordar que você está deixando a desejar, li no blog do Euler.

"Quero manifestar a minha indignação - mais uma - contra a direção do sindicato, que recebeu a proposta do projeto de lei do governo de 1/3 de tempo extraclaase e até agora não divulgou. Diz que vai fazê-lo na assmebleia da categoria, no dia 11/08, em Pirapora. Uma palhaçada, pois estamos falando de um direito de todos os professores, e não apenas daqueles que participarão da assembleia. O sindicato tem o dever e a obrigação de divulgar rapidamente a proposta do governo, para que seja amplamente apreciada, discutida e criticada pela cagtegoria. Ao esconder o projeto do governo, o sindicato contribui para que este nos mantenha por mais tempo sem mais este direito ao terço de tempo extraclasse."


Acho que você tem que fazer alguma coisa urgente, para não ficar desacreditada, outra coisa sobre nós da lei 100, ficaram de dar a resposta quem passou no concurso sermos nomeados nos cargos que estamos é uma atitude que vai beneficiar muita gente, mas não temos se quer resposta, por favor conto com você.

Anônimo disse...

Tô achando que esse negócio de um terço de carga horária já estava resolvido e já estava em votação na assembléia. Quanta lentidão né. Pelo menos temos que ver se conseguimos receber isso retroativo a janeiro e na pior das hipóteses pra agosto.

Anônimo disse...

O sindicato já era pra ter discutido com a categoria a questão do 1/3 da carga horária extra-classe para agilizar as coisas. Essa demora prejudica nós professores e ajuda o governo a economizar dinheiro. Como ele mandou carta para a família dos alunos no começo do ano dizendo que seria implantada para os professores o regime de 1/3 de carga horária extra-classe temos que exigir que seja retroativo a janeiro deste ano. Se bem que o certo seria retroativo a 2010, ano da lei do piso. Vamos exigir!!!

Anônimo disse...

Beatriz,
Boa noite!!
Nesta reunião de 07/08, por favor bata na tecla do cumprimento de 1/3 da carga horária extra-classe, por favor. Já perdi o direito às férias prêmio que ficou limitadíssimo,e não é possível que eu me aposente sem diminuição da carga horária. Se o cumprimento da lei for só para o ano que vem, esse semestre será muito pesado. Vê se você arranca o 1/3 da jornada e o direito às férias-prêmio para os que se aposentarão no início do ano que vem, e por isso tem 5º quinquênio publicado em 2003.
Obrigada pela atenção.Um abraço.
Selma Machado - Oliveira - MG

Anônimo disse...

Estou ... , nem sei que palavra usar para expressar o que estou sentindo em relação à resolução de férias prêmio. Um absurdo, quem já trabalhou tanto tempo (28 anos) e está esperando idade e não vai ter direito de usufruir o adquirido. Se não tem este ano, imagine o ano que vem ,onde os efetivados que nem concurso prestaram poderão entrar na escala. De que adianta usufruir no ato da aposentadoria, se eu já terei os requisitos para afastar? Isso é A EDUCAÇÂO - só retrocede!!! Os índices estão aí para comprovar!!!!
E a Sindiute não ter influência nenhuma. Pra que sindicato então???
Aparecida - Varginha

Anônimo disse...

beatriz,boa noite, gostaria de pedir-lhe para não se esqecer da resolução 2018 que afetou diretamente os efetivos que tiveram que escolher aulas por terem sido remanejados. Conto com vocës.

JUDITE disse...

queremos ver a minuta v1/3 extra classe.

Professor Ramon disse...

Gostaria de saber se quem é efetivo e completa mais um período de 5 anos este ano tem direito as férias prêmio. Férias prêmio continuam a existir ou não existe mais o direito daqui para frente?

Obrigado.

Beatriz Cerqueira disse...

Prezada Judite , entregamos a minuta no Seminário que fizemos no dia 30 de julho. Mas também disponibilizarems no site do sindicato.
Atenciosamente,
Beatriz

Beatriz Cerqueira disse...

Prezado Ramon, o direito a férias-prêmio continua existindo com todas as limitações impostas pela Resolução. É diferente do quinquênio que não existe mais para quem ingressou na rede estadual após julho de2003. Espero ter esclarecido.
Atenciosamente,
Beatriz

Beatriz Cerqueira disse...

Prezada Márcia, os blogs falam de tudo, nem sempre coerente com a realidade. A proposta de projeto de 1/3 foi entregue a cada representante de subsede que foi ao seminário que o sindicato fez no dia 30 de julho. O projeto foi debatido ponto por ponto e as pessoas presentes avaliaram, criticaram e definiram encaminhamentos que o sindicato deveria fazer. Definiram também que as subsedes deveriam realizar assembléias e reuniões para debater a proposta de projeto e tentar mobilizar a categoria para um processo de pressão. Não sei a qual subsede ocolega anônimo que fez a critica que você citou pertence, mas todas que se fizeram presentes tem o projeto para divulgação e discussão. Por isso não é verdade que o sindicato somente divulgaria o projeto no dia 11 de agosto.
Espero ter esclarecido.
Atenciosamente,
Beatriz

Marinalva Moreira Uba disse...

Prezada Beatriz, você publicou em seu post o seguinte: "Férias-prêmio para quem está próximo da aposentadoria: a Resolução não deixou claro o que significa estar próximo da aposentadoria para que o servidor tenha imediatamente o direito a usufruir ferias-prêmio. Isto será esclarecido através de uma Instrução"
A próxima reunião estava marcada para 07/08, o sindicato já tem uma previsão de quando sairá essa instrução? Posso continuar tendo esperanças quanto a usufruir de minhas férias prêmio? tenho 49 anos de idade e 31 de contribuição e estou para me aposentar em abril de 2013. Perdi o direito de usufruir as férias prêmio por causa do percentual de 10% e também da prioridade que trata o paragrafo 2º, inciso I do artigo 3º
(maior saldo de férias prêmio) minha colega que completa 25 anos mês que vem e que também aposenta em abril de 2013 teve preferência sobre mim. Aguardo boas notícias. Obrigada pela atenção. Marinalva